Tamanho do texto

Meia uruguaio deixou sua marca na vitória do Botafogo sobre o Atlético-MG e lembra do compatriota, que fez gol do título da Copa de 1950 no estádio

Lodeiro, meia do Botafogo
Site oficial
Lodeiro, meia do Botafogo

Na última quinta-feira, o Botafogo encarou o Atlético-MG no Maracanã pela Copa do Brasil em jogo digno de Copa do Mundo. Relembrando os feitos do compatriota Alcides Ghiggia, que tirou o Mundial de 1950 da seleção brasileira, o uruguaio Nicolás Lodeiro comemorou o fato de ter marcado seu primeiro gol no lendário estádio carioca.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

"Queria fazer um gol no Maracanã, já que esse estádio para nós uruguaios tem uma importância muito grande. Era meu quarto jogo lá e queria muito marcar esse gol. O Maracanã representa muito para mim. Até agora eu fico olhando o gol e vejo que foi difícil. Tinha de fazer a curva aberta porque o Victor é um grande goleiro. Não tinha muita distância para bater forte e tentei colocar efeito. Foi um dos mais bonitos que fiz", comemorou o camisa 14.

Lodeiro balançou as redes atleticanas aos 29 minutos do primeiro tempo, deixando tudo igual no placar após Marcos Rocha deixar o Galo em vantagem. Depois, o uruguaio ainda cruzou para Leonardo Silva marcar contra e teve boa participação nos lances ofensivos do Glorioso. Com a missão cumprida com a camisa alvinegra, o meia quer repetir a dose pela Celeste Olímpica.

"Ainda não imaginei ainda marcar um gol pelo Uruguai no Maracanã. Se fosse contra o Brasil seria muito igual ao do Ghiggia, mas ainda não pensei", comparou o armador, que deve ser convocado para a Copa do Mundo de 2014 pelo Uruguai e, assim como o carrasco brasileiro, fazer uma final no Maracanã.

Dúvida
Enquanto os titulares comemoram a goleada por 4 a 2 sobre o Atlético-MG, os reservas treinaram duro nesta sexta-feira no Engenhão. Os jogadores que começaram a partida fizeram trabalho leve na academia, assim como Clarence Seedorf. O holandês não atuou na Copa do Brasil devido a dores no joelho e ainda preocupa Oswaldo de Oliveira para encarar o Atlético-PR no domingo.

*Com Gazeta

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.