Tamanho do texto

Nas próximas horas um boletim médico deve ser divulgado, após a realização de uma cirurgia para corrigir a ferida aberta na cabeça

Um dos maiores nomes da história do futebol colombiano, Freddy Rincón sofreu um grave acidente automobilístico neste sábado. O ex-jogador viajava entre as cidades de Cali e Andalucía quando bateu o carro em uma carreta e logo foi resgatado pelos médicos, que constataram múltiplas fraturas e um ferimento na cabeça.

O ex-jogador Rincón passou por grandes times do futebol brasileiro
Gazeta Press
O ex-jogador Rincón passou por grandes times do futebol brasileiro

Segundo informações do jornal El Espectador , o acidente aconteceu no quilômetro 77 da rodovia. As primeiras análises feitas pelas autoridades locais mostram que a colisão pode ter sido causada por excesso de velocidade de ambos os veículos, além da pista molhada pelas chuvas que caíram na região durante o dia.

Rincón logo foi levado a um centro assistencial na cidade de Valle del Cauca e recebeu os primeiros cuidados médicos. Nas próximas horas um boletim médico deve ser divulgado, após a realização de uma cirurgia para corrigir a ferida aberta na cabeça, causada durante o capotamento do carro do ídolo do Corinthians.

Gilmar dos Santos Neves segue internado em estado grave após sofrer infarto

"O veículo que era conduzido pelo senhor Rincón saiu da via e capotou lateralmente, ocasionando múltiplas fraturas e uma grave ferida na cabeça", explicou o coronel Mariano Botero, comandante da polícia de Valle del Cauca, em entrevista à publicação.

Aos 47 anos, Rincón retomou a carreira de jogador profissional recentemente para ajudar o América de Cali na disputa da segunda divisão do Campeonato Colombiano. No Brasil, marcou época com a camisa do Corinthians ao conquistar o Campeonato Brasileiro por duas vezes (1998 e 1999) e o Mundial de Clubes (2000).

O primeiro time que defendeu em terras brasileiras foi o Palmeiras. Depois passou por Santos e Cruzeiro. Na Colômbia, também atuou por Atlético Buenaventura, Tolima e Independiente de Santa Fé. Na Europa, vestiu as camisas de Real Madrid e Napoli, enquanto pela seleção colombiana disputou três Copas do Mundo: 1990, 1994 e 1998.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.