Tamanho do texto

Apesar da derrota por 1 a 0 para o Santos na Vila Belmiro, técnico aprova atuação da equipe no jogo de ida pelas oitavas de final da Copa do Brasil

Renato Gaúcho, técnico do Grêmio
FERNANDO DANTAS / Gazeta Press
Renato Gaúcho, técnico do Grêmio

Mesmo com a derrota por 1 a 0 para o Santos na Vila Belmiro , o técnico Renato Gaúcho gostou da atuação do Grêmio nesta quarta-feira. Segundo o treinador, o time produziu o suficiente para obter um bom resultado na partida de ida das oitavas de final da Copa do Brasil, mas acabou não dando sorte nas conclusões.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

"Fomos castigados, pois hoje a bola infelizmente não quis entrar. Tivemos todas as chances do mundo para ganhar. A bola pune. Tivemos oportunidade, mas não era o nosso dia, e o Santos soube aproveitar as chances que teve. Classifico os gols perdidos hoje como um acidente de trabalho. Mas gostei da equipe, que lutou, brigou e teve chances claras de gol", avaliou o treinador gremista.

Renato deu a entender que deve manter o 3-5-2 com três volantes para a partida contra o Flamengo, sábado, no Mané Garrincha, pelo Brasileirão. No entanto, não quis comentar qual será a formação para tentar reverter a desvantagem diante do Santos.

"Não vou pensar agora no jogo de volta, tem que ser degrau a degrau. Agora é pensar no Campeonato Brasileiro, no Flamengo. Mas não podemos mudar o time a cada mau resultado. A gente está no caminho certo e a equipe vem me agradando", resumiu.

Com a derrota por 1 a 0 na Vila, o Grêmio precisa vencer por dois gols de diferença no jogo de volta para seguir rumo às quartas de final da Copa do Brasil. A partida ocorrerá na quarta que vem, na Arena, em Porto Alegre. Quem passar enfrenta Corinthians ou Luverdense na próxima etapa da competição.

*Com Gazeta

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.