Tamanho do texto

Lateral, convocado por Luiz Felipe Scolari para enfrentar Portugal e Austrália, disputará posição no time italiano com o grego Torosidis

Maicon fala com os jornalistas em sua apresentação como novo jogador da Roma
Divulgação
Maicon fala com os jornalistas em sua apresentação como novo jogador da Roma

Um dia após ser convocado pelo técnico Felipão para a seleção brasileira, o lateral-direito Maicon foi apresentado pela Roma. Na sala de imprensa do estádio Olímpico, o jogador afirmou que o seu maior objetivo nesta temporada europeia é o de ter continuidade no time.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Depois de se destacar pela Inter de Milão, Maicon foi negociado com o Manchester City, onde nunca teve sequência, por lesões. Agora no time italiano, o atleta de 32 anos deverá conquistar a titularidade em um curto espaço de tempo - o grego Torosidis é concorrente.

"Jogarei por uma grande equipe. Quero trabalhar muito para fazer uma temporada boa", projetou. "Os meus colegas me receberam bem desde o começo. Tenho muita confiança neles: vamos fazer o melhor pra gente estar entre os três melhores da Itália", acrescentou.

Veja também: Perto de vender Lamela ao Tottenham, Roma vai atrás de Demba Ba

Querendo reerguer a Roma no cenário europeu - o último título de expressão foi a Copa da Itália da temporada 2007-2008 -, Maicon também pediu apoio da torcida romanista. "Queremos contar com os fãs. Não vejo a hora de entrar em campo e poder agradecê-los", finalizou.Antes da apresentação oficial, Maicon treinou no Centro Esportivo Fulvio Bernardini, mas separado do grupo. O brasileiro permaneceu na academia do clube da capital para exercícios físicos. A estreia oficial da Roma no Campeonato Italiano será neste domingo, diante do Livorno, fora de casa.

Maicon também terá mais uma chance no Brasil, que disputará amistosos internacionais com Austrália, dia 7, em Brasília, e Portugal, dia 10, em Boston (Estados Unidos). Felipão quer fazer alguns testes antes de definir a equipe para a Copa do Mundo de 2014 .

Elogiado pelo diretor-executivo Italo Zanzi na sala de imprensa do estádio Olímpico, o brasileiro comemorou a nova chance no time nacional. Fruto disto foi a comunicação com o técnico Felipão, que decidiu chamá-lo para os amistosos contra a Austrália, dia 7 de setembro, e Portugal, dia 10. "Ele me falou que ficaria com os olhos em mim. No último ano não fui bem, mas felizmente, depois de alguns amistosos, estou de volta", celebrou.

O treinador do time italiano, Rudi Garcia, também poderá ser um atalho para Maicon voltar a ser um dos melhores alas do mundo. "Ele conquistou tudo na França. Esperamos ir bem com ele. E ele já fez muito por mim: antes de eu chegar, ele me chamou para conversar. Mantivemos o contato", elogiou.

* Com Gazeta Esportiva

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.