Tamanho do texto

Ex-diretor esportivo do Paris Saint-Germain foi suspenso pela federação francesa

Leonardo agrediu árbitro de partida do PSG
AP
Leonardo agrediu árbitro de partida do PSG

Leonardo, ex-diretor esportivo do Paris Saint-Germain, esteve nesta quinta-feira na capital francesa para tentar evitar que sua suspensão se estenda a outros países.

Deixe seu comentário para esta notícia

O brasileiro foi suspenso pela entidade máxima do futebol francês por um ano (até 30 de junho de 2014), devido a uma agressão ao árbitro Alexandre Castro, que apitou a partida entre PSG e Valenciennes, válida pelo campeonato nacional.

Leonardo estaria próximo de acertar seu retorno para a Inter de Milão, onde já trabalhou como técnico, em um cargo ainda indefinido, e uma punição em nível internacional impediria que o ex-jogador trabalhasse em qualquer país até que a suspensão acabasse.

Junto com seus advogados, o brasileiro tenta, além de impedir a extensão da pena, que o conselho formado pela Federação Francesa de Futebol diminua a punição aplicada.

Inicialmente suspenso por nove meses, Leonardo viu a sanção aumentar em julho e teve um recurso à comissão de apelação negado. A suspensão fez Leonardo pedir demissão, há pouco mais de um mês, do cargo de diretor esportivo do PSG.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.