Tamanho do texto

Zagueiro fez seu primeiro jogo pelo time de Campinas na vitória por 2 a 1 diante do Criciúma, pela Sul-Americana

Betão chegou recentemente à Ponte Preta
Thiago Toledo/PontePress
Betão chegou recentemente à Ponte Preta

A partida contra o Criciúma, em Santa Catarina, na noite desta quarta-feira, marcou, além da estreia da Ponte Preta em competições internacionais, o primeiro jogo do zagueiro Betão com a camisa da Macaca. Recém-contratado, o defensor se animou com a primeira impressão que teve com o time e deu uma boa avaliação ao seu desempenho.

Ponte Preta vence, mas gol no fim mantém esperanças do Criciúma na Sul Americana

"A Ponte fez um bom jogo. Acho que entramos concentrados desde o primeiro minuto, e esse é o nosso ponto principal: a concentração. Não deixamos o Criciúma apresentar seu jogo e sou meio suspeito para falar, mas acho que fiz uma boa estreia. Consegui passar minha experiência e o bom é que conseguimos a vitória", disse.

Mesmo satisfeito pela estreia, Betão não deixou de apontar o que, em sua visão, ainda falta à equipe treinada por Paulo César Carpegiani. "Futebol é simples. Ninguém vai inventar mais nada, e o quanto mais simples você puder fazer, melhor é. E comunicação também é importante. Ainda falta na nossa equipe, e isso traz uma ajuda muito grande. Vou tentar passar isso para o grupo, para que possamos continuar crescendo na pontuação", afirmou.

Com a vitória de 2 a 1 fora de casa, a Ponte pode até perder por um 1 a 0 no jogo de volta, que será disputado no Moisés Lucarelli, na próxima terça-feira. Antes, o time campineiro tem compromisso pelo Campeonato Brasileiro: neste sábado, recebe o vice-líder Cruzeiro.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.