Tamanho do texto

A dívida é uma herança do antecessor de Nobre, Arnaldo Tirone, que ficou devendo dois meses de direito de imagem, que representam a maior parte dos salários de cada jogador

Os jogadores do Palmeiras que continuaram no elenco mesmo depois do rebaixamento no Brasileiro do ano passado terão metade da dívida em salários paga nesta semana. A informação foi passada pelo presidente Paulo Nobre em conversa com o elenco nesta segunda-feira.

Torcedores do Palmeiras já adquiriram 12 mil ingressos para jogo desta quarta

"Com as rendas que conseguimos nos últimos jogos, acho que vamos conseguir pagar um dos direitos de imagem dos antigos jogadores nesta semana", disse o dirigente ao Bandsports . "Vai ficar só uma, e é uma questão de honra para nós estar em dia com todos os jogadores até o final do ano", prosseguiu.

Paulo Nobre, presidente do Palmeiras
Gazeta Press
Paulo Nobre, presidente do Palmeiras

A dívida é uma herança do antecessor de Nobre, Arnaldo Tirone, que ficou devendo dois meses de direito de imagem, que representam a maior parte dos salários de cada jogador e membro da comissão técnica. O atual presidente, contudo, se diz em dia com as contas de sua administração.

"Carrego dois meses de direitos de imagem atrasados dos jogadores antigos do Palmeiras, mas nunca deixo vencer o terceiro. Com os jogadores novos, estamos absolutamente em dia com tudo", assegurou, que tem total confiança de acordo com seu discurso e o de jogadores e comissão técnica.

"A minha relação com o grupo de jogadores é extremamente transparente. Você tem que olhar no olho e cumprir com o que se compromete. E sempre falei para eles que o primeiro credor do Palmeiras são os seus jogadores", indicou o mandatário.

Entre o dinheiro que possibilitou a estimativa de pagamento da dívida nesta semana, está a renda das bilheterias. O Palmeiras teve bom público em suas duas últimas partidas no Pacaembu na Série B e já vendeu 12 mil ingressos antecipadamente para a estreia na Copa do Brasil, nesta quarta-feira, contra o Atlético-PR.

E Nobre se mostra grato aos atletas até pelo valor que minimizará o problema financeiro que considera mais preocupante. "Parabéns ao torcedor do Palmeiras. Está mostrando que acredita no time. Mas temos que dar parabéns, na verdade, ao grupo de jogadores que, com muita seriedade, garra e sangue na veia, trouxe o torcedor de volta ao estádio acreditando no time", celebrou o presidente.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.