Tamanho do texto

Sem marcar um gol desde fevereiro, atacante do São Paulo está em condição física aquém do ideal e deve voltar para o banco de reservas diante do Fluminense

Osvaldo não balança as redes desde fevereiro
Getty Images
Osvaldo não balança as redes desde fevereiro

Dar padrão tático ao time não é a única preocupação do São Paulo nesta semana sem jogos. A comissão técnica também usará os dias livres de compromisso até domingo para reforçar atenção aos atletas que estão com condição física aquém do ideal, como Osvaldo.

Desde semana passada, o atacante tem recebido atenção especial do preparador físico Gilvan Santos. Na manhã desta terça-feira, não foi diferente. Enquanto os demais jogadores eram orientados pelo técnico Paulo Autuori, ele corria fora do gramado. Só teve contato com bola na parte final do ensaio dos titulares.

Osvaldo, que não faz um gol desde fevereiro, foi titular nas duas últimas partidas, mas somente porque Luis Fabiano acusou dores lombares e não pôde atuar. Agora, o artilheiro está prestes a retornar e a sequência do camisa 17 na equipe inicial volta a ser ameaçada.

LEIA:  Marco Aurélio elogia Abdalla e se coloca à disposição em eleição contra Juvenal

No primeiro desenho tático, Autuori sinalizou com o esquema tático 4-2-3-1, com dois pontas (Jadson pela direita, e Lucas Evangelista pela esquerda) e um homem centralizado (Aloísio e Luis Fabiano se revezaram na movimentação). Nesse desenho, Osvaldo disputaria posição com Lucas Evangelista.

Já se a formação com dois meias e dois atacantes for mantida, a briga de Osvaldo seria com Aloísio, de quem se tornou reserva pouco depois da excursão pelo exterior. O centroavante, no entanto, incomodou a comissão técnica por ter anulado dois gols nos últimos jogos ao colocar a mão na bola.

O próximo treino aberto à imprensa no CT da Barra Funda está marcado para a manhã desta quarta-feira. Penúltimo colocado do Campeonato Brasileiro, com 11 pontos ganhos, o São Paulo volta a campo no domingo, contra o Fluminense, no Morumbi.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.