Tamanho do texto

Treinador do time campineiro deverá poupar alguns titulares no duelo contra o Criciúma, nesta quarta-feira

Paulo César Carpegiani, técnico da Ponte Preta
Site oficial
Paulo César Carpegiani, técnico da Ponte Preta

O calendário apertado começa a pesar no Moisés Lucarelli e a Ponte Preta poupará alguma de suas principais peças na Copa Sul-Americana. Nesta quarta-feira, o time visita o Criciúma pela competição continental e o técnico Paulo César Carpegiani já confirmou que não utilizará força máxima diante dos catarinenses.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

O atacante William e o meia Ramirez sentiram o desgaste das últimas partidas e nem sequer viajaram com a equipe para Santa Catarina. Os dois permanecem em Campinas se recuperando para a partida contra o Cruzeiro , no próximo sábado. Além deles, o treinador deve fazer mudanças em todos os setores da equipe.

"O Betão vai estrear. Eu quero uma defesa mais segura. Temos alguns problemas. O William não vai viajar. O Ramírez também está no departamento médico. Não quero correr o risco de perder jogadores importantes para a sequência do Brasileirão. Então, a tendência é que dois ou três jogadores fiquem em Campinas para descansar", afirmou o treinador.

Leia mais sobre a Ponte Preta no iG Esporte

No coletivo desta segunda-feira, Carpegiani testou uma formação no esquema 3-5-2: "Preciso me adaptar àquilo que tenho em mãos. Por isso, se tiver que mudar o time, vou mudar. Não sou treinador de um esquema só. Vamos procurar dar mais segurança lá atrás e corrigir algumas coisas no meio para encontrar o equilíbrio".

César, que cumpriu suspensão pelo Brasileirão no fim de semana, e Rafael Silva devem formar a nova zaga junto ao ex-corintiano, no lugar dos titulares Diego Sacoman e Ferron.

No meio, o volante Baraka é outro que deve ser poupado. Magal, Fernando Bob e Giovanni disputam a vaga no meio-campo. Já no ataque, Éverton Santos também pode ficar de fora. Até o momento, Rafinha e Dennis aparecem como os prováveis titulares para a partida.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.