Tamanho do texto

Atacante peruano, autor do gol da vitória sobre o Coritiba, disse que o companheiro é conhecido pelo bom humor. "O Sheik é maluco, todo mundo sabe disso"

Guerrero marcou o gol da vitória do Corinthians
Wagner Carmo/Inovafoto/Gazeta Press
Guerrero marcou o gol da vitória do Corinthians

O atacante peruano Paolo Guerrero teve o nome gritado no domingo, substituiu o vaiado Alexandre Pato e fez o gol da vitória do Corinthians sobre o Coritiba . Escolhido para conceder entrevista após o treino de segunda, mal foi questionado sobre o jogo e falou muito mais sobre o beijo de Emerson em um amigo.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

"O Sheik é maluco, todo o mundo sabe disso. Ele tem muito humor, fica zoando as pessoas, está sempre com alguma coisa nova", afirmou o peruano, jurando não ter visto a imagem publicada pelo camisa 11, alvo de protesto de cinco torcedores que se identificaram como membros da Camisa 12.

Veja também: Segunda melhor defesa da história impulsiona reação do Corinthians

Sem saber que os uniformizados exibiam faixas e exigiam desculpas do lado de fora do CT do Parque Ecológico, Guerrero disse imaginar outra reação. "Quem não sabe que o Sheik é maluco? Todo o mundo sabe. Ninguém vai zoar porque o torcedor corintiano sabe disso. A torcida até canta ‘o Sheik vem aí, o bicho vai pegar’", comentou.

Ao publicar a foto em uma das redes sociais em que marca presença, Emerson escreveu que era necessário ter muita coragem para tomar essa atitude. Uma coragem que não está entre os orgulhos de Guerrero, que fugiu da pergunta sobre a necessidade de os atletas se posicionarem sobre o tema da homossexualidade.

E mais: Torcedores vão ao CT do Corinthians exigir pedido de desculpa de Sheik

"O Sheik tem coragem para fazer isso. Eu não tenho coragem para fazer isso", sorriu o peruano, que não comemorará nenhum gol tocando os lábios de seu companheiro de ataque mais corajoso e maluco. "Não! Um abraço, sim. Beijo, não. Chance zero."

* Com Gazeta Esportiva

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.