Tamanho do texto

O treinador ficou satisfeito pelo ponto obtido fora de casa e disse ainda que o Galo poderia até ter vencido o jogo contra o Internacional

O Atlético-MG atuou durante cerca de uma hora com um jogador a menos que o Internacional, neste domingo, em Novo Hamburgo. Mesmo assim, conseguiu segurar um empate com o Colorado, resultado que agradou ao técnico Cuca. O treinador alvinegro destacou o efeito moral que o empate fora de casa contra uma equipe qualificada dá para os jogadores do time mineiro na sequência do Brasileiro e da Copa do Brasil.

Confira classificação, tabela de jogos e artilharia do Campeonato Brasileiro

"É um ponto, mas daqueles que faz muito efeito moral. Nós jogamos uma hora com um jogador a menos, com a expulsão do Fernandinho. Estávamos bem no jogo e mais próximo de fazer o gol do que de tomar. Começamos pior, depois nos acertamos em campo, estávamos prontos para fazer o gol, ficamos com um jogador a menos e a estratégia muda", disse Cuca.

Leia mais:  Atlético-MG segura o Inter e amplia a má fase da equipe de Dunga

Com um jogador a menos, o Atlético-MG segurou o placar nos minutos finais do primeiro tempo, e no intervalo, Cuca acertou o posicionamento tático da equipe, que segundo ele, foi seguido por todos dentro de campo. O treinador ficou satisfeito pelo ponto obtido fora de casa e disse ainda que o Galo poderia até ter vencido o jogo.

"Os jogadores seguiram a risca. Se não é assim, com um jogador a menos, jogando com um time com a qualidade do Inter, você perde. Quando você toma um gol, vai querer empatar, ou empata ou toma dois, três, e é mais fácil tomar que empatar. Marcaram bem, passaram a linha da bola e não abdicamos de tentar ganhar. Tivemos chances com o Luan, com o Ronaldo, e poderíamos ter feito um gol. No geral foi muito bom este ponto", comentou.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.