Tamanho do texto

Os goianos vêm de uma boa sequência e querem aproveitar a fase para conseguir mais uma vitória, desta vez contra um concorrente direto

Apenas um ponto separa a Ponte Preta , 13ª colocada do Brasileiro, com 15, do Criciúma, 17º e primeiro da zona de rebaixamento. A diferença para o 12º, que é o Goiás , porém, é de três pontos. E é justamente com a intenção de aumentar esta brecha para a parte de baixo da tabela que o clube esmeraldino visita a Macaca neste domingo, a partir das 16 horas (de Brasília).

Confira classificação, tabela de jogos e artilharia do Campeonato Brasileiro

Os goianos vêm de uma boa sequência e querem aproveitar a fase para conseguir mais uma vitória, desta vez contra um concorrente direto. A vitória sobre o Náutico e os empates com Botafogo e Flamengo já fazem alguns atletas pensarem alto.

"Nós temos consciência que o time em geral não foi bem contra o Flamengo.Se fôssemos bem, sairíamos com a vitória. Nós vamos buscar esses dois pontos contra a Ponte Preta. Eu quero cada vez crescer mais, lógico que sozinho não vou chegar a lugar nenhum, mas a ideia é colocar o Goiás no lugar dele, colocar o Goiás na Libertadores", declarou o atacante Walter, que já marcou cinco gols na Série A.

Para o duelo, o técnico Enderson Moreira tem apenas um desfalque. Trata-se do volante David, que levou o terceiro amarelo contra o Rubro-negro carioca e está suspenso. Assim, Dudu Cearense deve ganhar uma vaga no time titular.

Por outro lado, o treinador vai contar com a volta de William Matheus na lateral esquerda e de Hugo na meia. Eron e Renan Oliveira, que foram seus substitutos no último jogo, voltam para o banco de reservas.

A Ponte Preta também emplacou uma sequência de três jogos invicta, contra Fluminense, Vasco e Criciúma, mas teve a série quebrada na última rodada, ao ser derrotada pelo Vitória, fora de casa, por 3 a 1.

O técnico Paulo César Carpegiani não vai poder contar com o zagueiro César. Desta forma, Diego Sacoman, que foi improvisado na esquerda no último jogo, volta a formar dupla de zaga com Ferron. Uendel, que jogou de volante contra os baianos, volta para a lateral.

A boa notícia é o retorno do meio-campista Ramirez, que deve ficar com a vaga deixada por Uendel no setor. Ele não enfrentou o Vitória por estar servindo a seleção peruana.

O goleiro Roberto, que tem sido um dos destaques da equipe, com duas defesas de pênalti nos quatro últimos jogos, defende que o Goiás não vai jogar pelo empate, apesar de estar atuando fora de casa.

"O Goiás está bem próximo na tabela é uma equipe muito difícil. Pelos jogos que eu tenho assistido, eles estão jogando com o mesmo espírito dentro e fora de casa sempre buscando impor seu ritmo e atacar", declarou.

FICHA TÉCNICA
PONTE PRETA X GOIÁS

Local: Estádio Moisés Lucarelli
Data: 18 de agosto de 2013, domingo
Horário: 16 horas (de Brasília)
Árbitro: Heber Roberto Lopes (SC)
Assistentes: Rodrigo F. Henrique Correa (RJ) e Janette Mara Arcanjo (MG)

PONTE PRETA: Roberto; Artur, Ferron, Diego Sacoman e Uendel; Baraka, Ramirez e Chiquinho; Everton Santos, Rildo e William
Técnico:
Paulo César Carpegiani

GOIÁS: Renan; Vítor, Rodrigo, Ernando e William Matheus; Amaral, Dudu Cearense, Tartá e Hugo; Paulo e Walter
Técnico: Enderson Moreira

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.