Tamanho do texto

Com a volta de Guerrero, que estava com a seleção peruana, técnico do Corinthians ainda não sabe se manterá Alexandre Pato entre os titulares

Tite comanda treino do Corinthians
Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians
Tite comanda treino do Corinthians

O treino de sexta-feira não deu pistas sobre o time do Corinthians que enfrentará o Coritiba no domingo, no Pacaembu. Boa parte dos titulares apenas correu no gramado do CT do Parque Ecológico, e a confirmação da formação ficou para a atividade marcada para a manhã de sábado. Mas o técnico Tite acabou confirmando em entrevista coletiva após a atividade que escalará Ibson como titular na vaga contundido Guilherme.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Não foi apenas na posição de segundo volante que Tite fez esclarecimentos antes do jogo contra o Coritiba. O treinador também confirmou a volta do meia Danilo, que havia começado a partida diante do Fluminense, na quarta-feira, no banco de reservas por estar desgastado. A única indefinição é no ataque.

A dúvida é entre Alexandre Pato e Paolo Guerrero. Na ausência do peruano, o camisa 7 foi bem contra o Vitória e mal contra o Fluminense. Agora, Guerrero está de volta de sua seleção, mas atuou na Coreia do Sul na quarta-feira e é mais provável que fique no banco de reservas.

Assim, Tite daria a sequência tão pedida por Pato e um descanso a Guerrero. A escalação provável do Corinthians no final de semana é a seguinte: Cássio; Edenílson, Gil, Paulo André e Fábio Santos; Ralf e Ibson; Romarinho, Danilo e Emerson; Alexandre Pato. Mas isso é algo que ele ainda não tem certeza se vai de fato fazer.

"Não é mistério. Quero ver as reais condições daqueles que jogaram no meio de semana, a reação de cada um. Exceção feita ao Danilo, que está bem porque teve uma parada estratégica, preciso conversar com o Fábio (Mahseredjian, preparador físico) sobre os atletas e a respeito do Guerrero", disse o treinador.

*Com Gazeta

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.