Tamanho do texto

Técnico Paulo Autuori adianta escalação do meia na partida do próximo domingo, mas não revela se Jadson será seu companheiro, embora este seja seu objetivo

Ganso voltará a ser titular do São Paulo diante do Flamengo, no próximo domingo
Toru Hanai/REUTERS/Newscom
Ganso voltará a ser titular do São Paulo diante do Flamengo, no próximo domingo

Paulo Henrique Ganso será titular do São Paulo na partida do próximo domingo contra o Flamengo, em Brasília. Agradado com a participação do meia nos dois últimos jogos, derrota para a Portuguesa e empate com o Atlético-PR, o técnico Paulo Autuori adiantou a escalação do atleta.

Acha que Ganso merece ser titular do São Paulo? Deixe seu comentário

"Tanto no último jogo como no de hoje (quinta), o Ganso demonstrou que tem que jogar. Certamente, vai começar jogando contra o Flamengo. Ele tentou pôr a equipe mais para frente, com passes verticais. O momento dele é melhor, está com mais mobilidade, mais gás. Espero que seja uma oportunidade de ele mostrar que evoluiu", afirmou Autuori.

O treinador só não disse quem deixará a equipe. Questionado se poderia ser Jadson, apagado mais do que de costume nos últimos compromissos são-paulinos, o comandante desconversou. Além do camisa 10, correm risco de perder um lugar no time Lucas Evangelista e Fabrício.

Titular pela última vez na Copa Suruga, quando fez um gol e deu uma assistência na derrota por 3 a 2 para o Kashima Antlers, Ganso foi bem também no domingo passado, quando só não empatou o jogo com a Portuguesa porque Aloísio, em cima da linha, pôs a mão na bola que entraria aos 43 minutos do segundo tempo.

Embora não tenha confirmado Jadson, Autuori fez questão de ressaltar que seu objetivo é, um dia, escalar os dois meias juntos - algo que Ney Franco tentou, sem sucesso, no início da temporada.

"Não vou descansar enquanto não consguir fazer dois jogadores com essa qualidade atuarem juntos", disse Autuori.

Sem vencer há 11 jogos no Campeonato Brasileiro, o São Paulo é o vice-lanterna, com dez pontos ganhos. O time tem cinco a menos do que o Santos, primeira equipe fora da zona do rebaixamento.

*com Gazeta Esportiva

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.