Tamanho do texto

Caso o esquema 4-3-3 seja mantido, Camacho e Renato e Cajá disputarão apenas uma posição no time diante do Cruzeiro

Quinto colocado do Campeonato Brasileiro, o Vitória encerrou nesta sexta-feira os preparativos para o jogo contra o Cruzeiro, sábado, no Mineirão. Após um descontraído rachão, o técnico Caio Junior adotou tom misterioso e não confirmou a escalação do Rubro-Negro para a partida deste fim de semana. Apesar disto e de admitir algumas dúvidas, no entanto, deu a entender que o jovem Dimas será o titular na lateral direita.

Confira classificação, tabela de jogos e artilharia do Campeonato Brasileiro

"A tendência é essa. Difícil você improvisar de novo. A gente tem que dar crédito ao Dimas. Ele fez  apenas  um jogo, contra o Atlético-PR, e não foi mal. É menino da casa, assim como o Euller. Aconteça o que acontecer, ele vai ter o meu apoio", disse, o treinador, que não pode contar com o titular Nino Paraíba, machucado, nem com o reserva Gabriel Paulista, negociado com o Villarreal, da Espanha.

Se na lateral a vaga deve ficar com Dimas, no meio-campo sobram dúvidas. Vander foi titular e atuou bem nos dois últimos jogos, mas como atacante. Como Maxi Biancucchi e Dinei voltam após ausência contra a Ponte Preta, fica a dúvida se o jogador permanecerá na equipe titular, que jogaria em um 4-3-3. Se isso acontecer, Camacho e Renato e Cajá disputarão apenas uma posição no time.

"A interrogação que você tem é a mesma que eu tenho. Isso é bom, está sendo ótimo, porque deixa que eu reflita. O Vander está merecendo, e por isso que estou estudando bem qual a ideia. Principalmente porque eu tenho a volta do Michel, do Maxi e do Dinei. Vou colocar em campo o que eu achar taticamente melhor", explicou.

A delegação do Vitória embarca na tarde desta sexta para Belo Horizonte, onde encara o Cruzeiro, no sábado, às 18h30 (de Brasília), no Mineirão. O jogo será válido pela 15ª rodada do Campeonato Brasileiro, e um triunfo pode recolocar o time baiano entre os quatro primeiros colocados da competição.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.