Tamanho do texto

Zagueiro do São Paulo assumiu a responsabilidade pelo empate diante do Atlético-PR, que deixou o time paulista com 10 pontos no Brasileiro

Rodrigo Caio sobe com Rafael Toloi e desvia de cabeça para fazer o gol do São Paulo
Fernando Dantas/Gazeta Press
Rodrigo Caio sobe com Rafael Toloi e desvia de cabeça para fazer o gol do São Paulo

O zagueiro Rafael Toloi chamou para a si a culpa do empate desta quinta-feira com o Atlético-PR, no Morumbi. Foi ele quem cometeu pênalti convertido por Paulo Baier, ainda no primeiro tempo, quando o São Paulo vencia por 1 a 0.

Leia mais: São Paulo empata com Atlético-PR e iguala sequência negativa no Brasileirão

"Nossa equipe jogou bem, fez uma boa partida. Infelizmente, em um erro individual meu, fiz o pênalti. Assumo a responsabilidade. Agora é levantar a cabeça. Infelizmente não vencemos e temos que trabalhar para o próximo jogo", disse, ainda em campo.

Confira a classificação e a tabela de jogos do Brasileirão

O próximo jogo será no domingo, contra o Flamengo, fora de casa. Sem vencer há 11 partidas no Campeonato Brasileiro, o São Paulo vai ao Rio de Janeiro ainda na penúltima colocação, agora com dez pontos ganhos em 13 jogos.

A atitude de Toloi nesta quinta-feira é a mesma que teve Rogério Ceni no domingo, depois de desperdiçar pênalti na derrota por 2 a 1 para a Portuguesa. O goleiro e capitão disse, na ocasião, que seu erro havia sido decisivo para mais um resultado negativo na temporada e a permanência na zona de descenso.

"É complicado (ficar nessa zona), com certeza. Precisamos vencer, precisamos pontuar. Vamos trabalhar para tentar vencer a próxima partida", despediu-se Toloi, cabisbaixo.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.