Tamanho do texto

Atacante tem proposta do futebol do Catar, mas optou por ficar em Santa Catarina

Wellington Paulista, atacante do Criciúma
Site oficial do Criciúma
Wellington Paulista, atacante do Criciúma

Wellington Paulista esteve com um pé fora do Criciúma nesta quarta-feira, mas voltou atrás, foi a campo para ajudar a equipe a vencer o Náutico por 3 a 0 , no Heriberto Hülse, e garantiu sua permanência até o fim do ano.

Comente esta notícia com outros torcedores

Nas últimas semanas, o atacante recebeu uma proposta do Al-Jaish, do Catar, e esteve muito perto de deixar o clube. Por estar tratando da transferência, ele ficou fora da relação original para a partida contra o Náutico, mas pediu para jogar após o encerramento das negociações.

"Fico, não tem por que sair, o Criciúma não liberou. Sempre quis jogar futebol, não interessa se é recebendo bem ou não. Comecei jogando na várzea e não ganhava nada para jogar bola. Ganhava só um pão com mortadela e estava bom demais. Não tenho por que estar brigando por dinheiro. Minha alegria é jogar futebol e trabalhar pra estar sempre jogando", declarou Wellington Paulista após a partida.

O centroavante chegou ao clube cerca de dois meses atrás, emprestado pelo Cruzeiro após passagem discreta pelo West Ham, da Inglaterra. Desde então já disputou sete partidas, anotando três gols.

De acordo com o técnico Vadão, a definição da permanência do centroavante faz com que a diretoria paralise a procura por reforços para a posição. Denis Marques, do Santa Cruz, era um dos nomes mais cotados para substituí-lo: "O Wellington estava para sair, mas não saiu. Então nós estamos brecando neste momento a busca (por uma peça de reposição). Além disso, o Fabinho já estará à disposição no próximo domingo".

Diretor executivo de futebol do Criciúma, Cícero de Souza explicou os motivos do fracasso das negociações do atacante com o clube do Catar: "Ele recebeu uma boa proposta para ele e para o Cruzeiro. Mas fizemos uma proposta financeira mais alta do que a original e eles não aceitaram. E como o Wellington Paulista sabia que o time precisa dele, ele vai ficar no Criciúma".

Com a permanência assegurada ao menos até 31 de dezembro, quando o contrato de empréstimo se encerra, Wellington Paulista é provável titular do time do Criciúma que enfrenta o Atlético-PR, no domingo, no Durival de Britto.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.