Tamanho do texto

O time ucraniano enfrentaria o Schalke 04 na fase preliminar do torneio, e a UEFA precisa definir rapidamente a situação dos alemães na competição

O Metalist, que tem cinco jogadores brasileiros no elenco, foi excluído temporariamente da Liga dos Campeões da Europa na manhã desta quarta-feira. De acordo com investigação da Uefa, o clube ucraniano se envolveu em um caso de manipulação de resultados em partidas de 2008.

Deixe o seu recado e comente esta notícia com outros torcedores

O Metalist, do brasileiro Cleiton Xavier, foi excluído da Liga dos Campeões
Divulgação
O Metalist, do brasileiro Cleiton Xavier, foi excluído da Liga dos Campeões

Segundo a entidade máxima do futebol europeu, o Metalist foi enquadrado nos artigos 2.04, 2.05 e 2.10 do regulamento da Champions League desta temporada, mas ainda poderá recorrer da decisão. O time enfrentaria o Schalke 04, da Alemanha, na fase preliminar do torneio continental. Através de um comunicado no site oficial, a Uefa revelou que uma reunião de emergência será feita nesta quarta. A pauta é o que fazer após a exclusão do Metalist da Liga dos Campeões, uma vez que o Schalke 04 precisará de um novo adversário para entrar na fase de grupos.

A Corte Arbitral do Esporte (CAS, em inglês) já havia punido o diretor-esportivo do clube ucraniano, Yevhen Krasnikov, em cinco anos - Krasnikov é acusado de participar de manipulação de resultados de partidas em 2008. Na terceira fase, o Metalist eliminou o Paok, da Grécia, e se classificou.

O zagueiro Rodrigo Moledo, ex-Internacional, o lateral-esquerdo Márcio Azevedo, ex-Botafogo, e os meias Marlos, ex-São Paulo, Cleiton Xavier, ex-Palmeiras, e Diego Souza, ex-Cruzeiro, estão no grupo do Metalist, sediado na Carcóvia, no leste do País.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.