Tamanho do texto

Meia argentino do time espanhol classificou o português como líder e agradeceu o companheiro de equipe

Di Maria, do Real Madrid
Getty Images
Di Maria, do Real Madrid

Envolvido nas especulações que movimentam o futebol europeu neste começo de temporada, o argentino Angel Di Maria declarou que o apoio do português Cristiano Ronaldo, que pediu sua permanência no Real Madrid, o motiva a rechaçar a possibilidade de deixar o clube merengue.

"Não ouvi diretamente dele, mas sei que disse isso (pediu que ficasse). É muito importante que um líder fale bem de mim e me apoie para ficar. Sou muito grato e vou seguir fazendo as coisas", declarou o jogador ao canal argentino TyC Sports .

O jogador está em Roma, onde a Argentina enfrenta a Itália nesta quarta-feira, em amistoso que homenageará o Papa Francisco. Sobre a cerimônia realizada no Vaticano nesta terça e o contato com o pontífice, Di Maria se mostrou emocionado.

"É algo muito lindo para mim. Para minha família, minha mulher, meus filhos e minha mãe. É especial saudar o Papa e receber sua benção", disse.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.