Tamanho do texto

Com tropeços de Botafogo e Cruzeiro, time paranaense poderia terminar rodada na liderança

Pedro Ken, formado no Coritiba, marcou para o Vasco no Couto Pereira
Heuler Andrey/Gazeta Press
Pedro Ken, formado no Coritiba, marcou para o Vasco no Couto Pereira

Com gol de Pedro Ken ainda no início do jogo, o Vasco venceu por 1 a 0 o Coritiba, neste domingo, no Couto Pereira, pelo Campeonato Brasileiro. Com o resultado, os cruzmaltinos acabaram com uma série de três jogos sem vitória e chegaram a 18 pontos, permanecendo no meio da tabela. Já os paranaenses perderam a primeira em casa na competição e desperdiçaram a chance de assumir a liderança.

Veja a classificação completa do Brasileirão

O Vasco teve o controle da partida durante boa parte dos 90 minutos e abriu o placar com Pedro Ken, após cobrança de escanteio. Os cruzmaltinos perderam muitas chances e pouco foram pressionados pelo Coritiba, que não teve uma tarde de brilho do meia Alex, que acabou saindo no intervalo.

Na próxima rodada, o Vasco vai até a Vila Belmiro para enfrentar o Santos, na quarta-feira. No mesmo dia, o Coritiba recebe a Portuguesa em casa.

O jogo
O Vasco surpreendeu o Coritiba no começo da partida ao fazer uma marcação sob pressão nos donos da casa. A tática surtiu efeito e os visitantes abriram o placar aos quatro minutos. Após cobrança de escanteio, Rafael Vaz escorou para o meio da área, Wendel cabeceou para grande defesa de Vanderlei, mas no rebote Pedro Ken tocou para a rede.

Veja fotos das partidas deste domingo no Campeonato Brasileiro

O revés fez com que o Coritiba acordasse e buscasse mais o ataque. No entanto, os paranaenses sofriam com a boa marcação adversária. O Vasco seguia bem em campo e buscando explorar os espaços no setor ofensivo. Os donos da casa só conseguiram criar boa chance aos 29 minutos. Victor Ferraz cruzou para Geraldo, mas o angolano cabeceou a direita do gol de Diogo Silva.

O panorama da partida seguiu o mesmo, com o Vasco melhor em campo. Os cariocas impediam a criação de boas jogadas dos donos da casa e chegavam com mais perigo ao ataque. No entanto, os cruzmaltinos foram para o intervalo com a vantagem mínima no marcador.

No segundo tempo, O Coritiba veio com mais disposição e passou a pressionar o Vasco. No entanto, a primeira boa chance aconteceu somente aos 17 minutos. Diogo cruzou pela esquerda e Deivid cabeceou por cima do gol de Diogo Silva.

Aos poucos, o Vasco conseguiu avançar com qualidade e quase ampliou a vantagem aos 22 minutos. Fagner recebeu, entrou na área, e chutou. Vanderlei encostou na bola, que foi na trave.

Com o passar do tempo, o Coritiba tentava a pressão, mas sofria com os contra-ataques do Vasco. Os visitantes que tiveram melhor chance de fazer o segundo aos 32 minutos, com Marlone. No entanto, o meia finalizou por cima do travessão de Vanderlei.

Nos minutos finais, os donos da casa ainda buscaram o empate, mas viram Marlone desperdiçar chance ao finalizar para grande defesa de Vanderlei. Assim , o Vasco conseguiu grande resultado fora de casa.

FICHA TÉCNICA -  CORITIBA 0 x 1 VASCO

Local: Estádio Major Antônio Couto Pereira, em Curitiba (PR)
Data: 11 de agosto de 2013, domingo
Horário: 16 horas (de Brasília)
Árbitro: Leandro Pedro Vuaden (RS)
Assistentes: Danilo Ricardo Simon Manis (SP) e Herman Brumel Vani (SP)
Cartões amarelos: Leandro Almeida e Lincoln (Coritiba); Pedro Ken, Juninho Pernambucano, Rafael Vaz e Abuda (Vasco)
Gol: Pedro Ken (Vasco), aos 4min do primeiro tempo

CORITIBA: Vanderlei; Leandro Almeida, Emerson (Sérgio Manoel) e Chico; Victor Ferraz, William Farias, Alex (Bottinelli), Lincoln (Zé Rafael) e Diogo; Geraldo e Deivid.
Técnico: Marquinhos Santos

VASCO: Diogo Silva, Fagner, Rafael Vaz, Jomar e Henrique; Abuda, Wendel, Juninho Pernambucano (Marlone) e Pedro Ken (Dakson); Éder Luís e Tenório (Edmílson).
Técnico: Dorival Júnior

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.