Tamanho do texto

Com vitória, time do ABC agora "seca" rivais paulistas Bragantino e Oeste para se manter longe das últimas posições na Segundona

Em duelo que começou com um time na zona de rebaixamento à terceira divisão e outro na zona de acesso à elite do futebol nacional, deu São Caetano. A equipe azul recebeu o Sport, no Estádio Anacleto Campanella, e conquistou uma importante vitória por 2 a 1.

Confira classificação, tabela de jogos e artilharia da Série B do Campeonato Brasileiro

Com o resultado, o time do ABC chegou aos 16 pontos no Campeonato Brasileiro da Série B e deixou o grupo dos quatro últimos. Já a formação de Pernambuco, apesar de estacionada nos 24 pontos, manteve-se na terceira colocação graças à derrota do Paraná Clube para o Palmeiras.

A vitória do São Caetano começou a ser construída logo no primeiro minuto da partida, com Wagner Carioca. Fred ampliou em boa cobrança de falta, já aos 25 da etapa final. Nunes descontou para o Sport, dentro da pequena área, seis minutos depois, mas a reação parou no primeiro gol.

As duas equipes voltarão a jogar na próxima terça, às 19h30 (de Brasília). Enquanto o Azulão visitará o América-MG em Belo Horizonte tentando ganhar distância da degola, o time rubro-negro vai buscar a recuperação jogando na Ilha do Retiro, em confronto com o Ceará.

FICHA TÉCNICA -  SÃO CAETANO 2 X 1 SPORT

Local: Estádio Anacleto Campanella, em São Caetano do Sul (SP)
Data: 10 de agosto de 2013
Horário: 16h20 (de Brasília)
Árbitro: Célio Amorim (SC)
Assistentes: Antônio Luiz Guimarães Lugo e Vanessa de Abreu Amaral (ambos de MS)
Cartões amarelos: Danilo Bueno (São Caetano)

Gols:
SÃO CAETANO: Wagner Carioca, a 1 minuto do primeiro tempo e Fred, aos 25 minutos do segundo tempo;
SPORT: Nunes, aos 31 minutos do segundo tempo

SÃO CAETANO: Rafael Santos; Samuel Santos, Douglas Grolli, Fred e Diego Corêa; Moradei, Danilo Bueno (Renato), Pirão e Wagner Carioca; Geovane (Siloé) e Giancarlo (Jael).
Técnico: Marcelo Veiga

SPORT: Magrão; Patric, Pereira (Gabriel Santos), Tobi e Marcelo cordeiro; Anderson Pedra, Rithely, Camilo e Lucas Lima; Roger (Nunes) e Felipe Azevedo
Técnico: Marcelo Martelotte

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.