Tamanho do texto

Lateral provoca rival e diz que apenas a chegada do atacante brasileiro não garante título espanhol ao Barcelona

Sergio Ramos prefere o trio atacante do Real Madrid aos astros do Barcelona
Getty Images/Kevork Djansezian
Sergio Ramos prefere o trio atacante do Real Madrid aos astros do Barcelona

Real Madrid e Barcelona ainda nem se enfrentaram nesta temporada e a rivalidade entre as duas equipes já está aflorada. Nesta sexta-feira, em entrevista à ESPN , o lateral direito Sergio Ramos foi questionado sobre o que achava da nova dupla de ataque do Barça, formada por Neymar e Messi, e aproveitou para provocar.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

"Neymar e Messi? Eu prefiro Cristiano Ronaldo, Özil e Isco, que são os que tenho em casa. Ninguém duvida que eles são grandes jogadores, mas eu fico com meus companheiros", disse Ramos.

O jogador também afirmou que a simples contratação de Neymar não garante que o Barcelona será campeão nesta temporada. "Nós também tivemos nossos anos com os galácticos e não ganhamos nada, pode acontecer. Desejo o melhor a todos os times espanhóis, mas, evidentemente, quando se luta contra o Barcelona não se deseja sorte a eles, porque isso prejudica o Real Madrid", destacou.

Veja também: Fã invade treino para agarrar Neymar; Barcelona muda local de jogo

Sobre o time merengue, Sergio Ramos mostrou otimismo com a temporada que está para começar. Diferente da temporada passada, quando era treinada por José Mourinho, a equipe blanca agora é comandada pelo italiano Carlo Ancelotti.

"Tivemos uma mudança de treinador e novas contratações, e foi formado um grupo jovem com jogadores espanhóis, e isso é positivo para a temporada, onde temos muitas aspirações. Ter gente nacional é sempre importante", explicou.

E mais: Florentino esfria negociação por Bale e diz que 100 milhões de euros é muito

Para encerrar, o lateral comentou sobre a temporada passada, na qual o Real Madrid não conquistou nenhum título, e ele teve problemas com o então comandante José Mourinho.

"A última temporada não esconde os êxitos das anteriores, eu prefiro ficar com o positivo, não sou rancoroso. Fico com o que aprendi em uma etapa que está fechada e esquecida. O futebol segue, temos que seguir crescendo, melhorando, sendo ambiciosos para seguir ganhando títulos. Agora é uma etapa nova", finalizou.

* Com Gazeta

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.