Tamanho do texto

Técnico mexeu em esquema e equipe perdeu a primeira em casa neste Brasileirão

Coritiba venceu o Grêmio em Porto Alegre
Flickr oficial do Grêmio
Coritiba venceu o Grêmio em Porto Alegre

Quando todos esperavam que o técnico Renato Gaúcho escalaria o Grêmio no 3-5-2 diante do Coritiba, após a boa atuação do time no Gre-Nal, o treinador gremista voltou ao tradicional 4-4-2, mas com três volantes, formação na qual a equipe ainda não atuara em 2013. Até o Coritiba pensou assim: entrou na Arena com o mesmo 3-5-2 que o Grêmio entraria. Com a má atuação e a derrota por 1 a 0 , Renato explicou após a partida porque mudou de ideia.

Veja a classificação do Brasileirão

"Não podemos ter apenas um plano A, senão seremos facilmente marcados. É preciso ter alternativas, ter um plano B ou C também. Nós jogamos bem no Gre-Nal, mas eu não escalei três zagueiros, ou perderia um homem no meio-campo. O Coritiba povoou bastante o meio, e nós aceitamos a marcação deles muito fácil", explicou o técnico do Grêmio.

Renato disse também que pretende voltar a utilizar o esquema 3-5-2 nos próximos jogos, em caso de necessidade. Como o zagueiro Werley voltará ao time para a partida deste domingo, contra o Bahia, em Salvador, existe a chance da volta do sistema que funcionou no Gre-Nal do último domingo.

O Grêmio viaja nesta sexta para Salvador. No sábado, a equipe faz o único treino antes de encarar o Bahia, no Barradão, estádio do Vitória. Com a derrota em casa para o Coritiba, o Tricolor caiu para a 9ª colocação no Brasileiro, com 16 pontos.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.