Tamanho do texto

Lateral ainda não sabe se enfrenta o time de Recife, mas se tiver a oportunidade de atuar terá que jogar de forma mais recuada

O técnico Cuca ainda não definiu o time titular do Atlético-MG para o jogo contra o Náutico, neste sábado, na Arena Pernambuco, mas é certo que o Galo terá mudanças. Uma das possibilidades é mudar a lateral esquerda, com a saída de Richarlyson para a entrada de Júnior César, que não atuou contra o Botafogo por opção tática do treinador.

Luxemburgo diz que Ronaldinho Gaúcho mudou sua postura no Atlético-MG

"Independentemente da decisão do treinador, sempre trabalho. Temos um grupo e a gente se respeita. E o Cuca me mandou uma mensagem dizendo porque eu ia ficar fora contra o Botafogo. Segundo o Cuca, eles têm uma bola parada forte e por isso preferiu que o Richarlyson jogasse. Mas me preparo da melhor forma", declarou.

Júnior César, lateral esquerdo do Atlético-MG
Bruno Cantini / Divulgação
Júnior César, lateral esquerdo do Atlético-MG

Júnior Cesar ainda não sabe se enfrenta o Timbu, mas se tiver a oportunidade de atuar terá que jogar de forma mais recuada. O jogador explica que o técnico Cuca prefere segurar o ala pela esquerda para dar mais liberdade a Marcos Rocha, situação que não incomoda Júnior César, que garante estar preparado para ajudar a equipe.

"O Cuca monta a equipe para dar mais liberdade ao Marcos Rocha, aí do outro lado seguramos mais, fazemos o papel de zagueiro. Mas estou tranquilo, faço minha análise própria e dentro das minhas oportunidades estou feliz de voltar. Desde o jogo com o Olimpia fui bem, como vocês disseram, e estou preparado para dar continuidade a meu trabalho", afirmou.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.