Tamanho do texto

"Taticamente, achei que fomos perfeitos no primeiro tempo", analisou o técnico após o duelo contra o Fluminense

Após o empate por 1 a 1 com o Fluminense , o técnico Caio Júnior lamentou o resultado e afirmou que o Vitória poderia ter saído com o triunfo no estádio do Barradão. O Leão da Barra dominou o primeiro tempo e fez 1 a 0, mas na etapa complementar o time perdeu Michel, Escudero e Danilo por lesão e acabou tomando o gol que deixou o placar igual.

"Acabou sendo frustrante pela partida que fizemos. Taticamente, achei que fomos perfeitos no primeiro tempo. Com a ideia do Escudero mais adiantado e o Camacho armando o jogo. Foi o melhor primeiro tempo que fizemos. Mas, infelizmente, foi daqueles dias que acontecem imprevistos", falou o treinador do Leão.

As mudanças que Caio Júnior teve que promover também foram causas do empate. "Primeiro Escudero sentiu e tive que mudar formação, fazendo a substituição. Ele dava velocidade. Depois o Danilo sentiu e fiz a segunda. A terceira em minha cabeça era o Vander, mas o Michel sentiu e não pudemos acrescentar força na frente e matar o jogo. Daí a qualidade do adversário, que foi batendo na tecla, apareceu e eles empataram. Mas foi um jogo bom e nos recuperamos mentalmente", justificou o técnico.

O comandante do Rubro-Negro ainda falou sobre a falha do goleiro Wilson no gol do Fluminense. Para Caio Júnior, o arqueiro do Vitória teve uma infelicidade no lance e não merecia, pois estava fazendo uma grande partida.

"Acho que Wilson está sendo o melhor goleiro do campeonato, sem dúvida. Tem jogo que ele faz defesas quase impossíveis. Foi uma pena porque foi um jogo para consagrá-lo, mas acontece. Ele não merecia", finalizou.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.