Tamanho do texto

Atividade com portões fechados à imprensa durou cerca de uma hora. Laterais são as dúvidas de Claudinei Oliveira

Claudinei Oliveira, técnido do Santos
Ricardo Saibun/Divulgação Santos FC
Claudinei Oliveira, técnido do Santos

O Santos fechou na tarde desta terça-feira, no CT Rei Pelé, sua preparação para o clássico com o Corinthians, nesta quarta, a partir das 21h50 (de Brasília), na Vila Belmiro. O técnico interino, Claudinei Oliveira, comandou um treino com portões fechados, durante cerca de uma hora. Após a atividade, o treinador concedeu entrevista coletiva, mas não revelou qual será a equipe que vai atuar no jogo, válido pela 12ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Comente esta notícia com outros torcedores

"Primeiro, quero pedir desculpas para vocês (jornalistas) pelo tempo que fechei o treinamento e os deixei do lado de fora, esperando, mas esse é um momento importante para a gente trabalhar. Senti que era a hora de o grupo ter mais privacidade, para que pudéssemos fazer experiências e testar algumas opções. Tenho em mente duas formações diferentes e até 45 minutos antes do jogo para revelar o time que joga, já que o regulamento me permite isso", disse Claudinei.

As principais dúvidas do interino estão nas laterais. Com Rafael Galhardo e o veterano Léo bastante questionados, Cicinho e Mena podem, respectivamente, serem colocados para jogar no clássico. Outra possível mudança está na zaga, com a hipótese de Gustavo Henrique receber uma nova chance. Neste caso, Durval seria o escolhido para deixar o time titular.

Escritório de membro do Comitê Gestor do Santos é atacado por vândalos

O atacante Thiago Ribeiro, que fez a sua estreia na goleada sofrida para o Barcelona (Espanha), na última sexta, não deve começar a partida como titular. Sem condições físicas ideais, o atleta deve ficar como opção para o segundo tempo. Com isso, Willian José ou Giva pode aparecer na equipe.

"Ele já está no BID (Boletim Informativo Diário, da CBF), não tem nenhum problema clínico, a questão dele era física. Talvez não aguente jogar os 90 minutos, mas pode ser utilizado", encerrou o comandante, aumentando ainda mais o mistério sobre a formação santista.

O Santos deve ir a campo com a seguinte escalação ante o Corinthians: Aranha; Cicinho (Rafael Galhardo), Edu Dracena, Durval (Gustavo Henrique) e Mena (Léo); Arouca, Cícero, Leandrinho e Montillo; Neílton e Willian José (Giva).

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.