Tamanho do texto

Contra o Kashima Antlers, a partir de 7h (de Brasília), estará em jogo a Copa Suruga, primeira chance de um título oficial na temporada, até aqui marcada por uma crise histórica

Jogadores do São Paulo fazem treino físico em academia no Japão
Site oficial
Jogadores do São Paulo fazem treino físico em academia no Japão

Encerrado o jejum de vitórias com a conquista da amistosa Copa Eusébio, em Portugal, o São Paulo termina sua excursão pelo exterior nesta quarta-feira, no Japão. Contra o Kashima Antlers, a partir de 7h (de Brasília), estará em jogo o título da Copa Suruga, a primeira chance de um título oficial na temporada até aqui marcada por uma crise histórica.

Acha que o São Paulo vence o Kashima Antlers? Comente

O último episódio turbulento foi a resposta de Ney Franco às declarações de Rogério Ceni de que ele não havia deixado legado algum antes de ser demitido e que Paulo Autuori, sim, exerce liderança. Ainda sem emprego, o treinador anterior falou, dentre outras coisas, que o goleiro está mais preocupado em quebrar marcas individuais e reclama de colegas pelos "corredores".

Alheio à troca de farpas entre seu antecessor e o capitão, Autuori precisa armar a equipe sem alguns dos principais atletas. Além do lateral esquerdo Clemente Rodríguez e do atacante Luis Fabiano, que ficaram em recuperação no Brasil, cinco já deixaram a excursão depois de Lisboa: os zagueiros Paulo Miranda (com lesão na coxa esquerda) e Rafael Toloi, o volante Fabrício, o meia Jadson e o atacante Osvaldo.

Embora não tenha esboçado a escalação por falta de tempo e para evitar maior desgaste ao longo da já cansativa viagem, o treinador - que conhece bem o Kashima por ter trabalhado lá em 2006 - só tem uma dúvida: o substituto de Osvaldo. Ademilson e Silvinho disputam a posição ao lado de Aloísio, que fraturou a mão direita na vitória sobre o Benfica, mas atuará com uma proteção no local.

"Não tem problema. O doutor (o médico José Sanchez) já fez uma proteção e jogarei sem que isso me atrapalhe. Espero fazer um grande jogo e levar para São Paulo mais uma vitória, um novo título e mais confiança para reagir no Brasileiro", disse o atacante, vice-artilheiro no ano.

O Brasileiro, como mostra Aloísio, é a principal preocupação no momento. O São Paulo está na zona de rebaixamento da competição e tem novo compromisso no domingo, contra a Portuguesa, dois dias depois de retornar do Japão. Por isso, vencer o Kashima Antlers ajudaria a amenizar um pouco mais o clima de pressão na volta à capital paulista.

Treinado por Toninho Cerezo, multicampeão pelo São Paulo enquanto jogador (na década de 1990), o Kashima defende o título da competição, que foi organizada pela primeira vez em 2008 e opõe os vencedores da Copa Sul-americana e da Liga Japonesa. Um dos destaques do time - que tem Juninho, ex-meia-atacante do Palmeiras, de 35 anos - é o jovem volante Gaku Shibasaki.

FICHA TÉCNICA
KASHIMA ANTLERS X SÃO PAULO

Local: Kashima Soccer Stadium, em Kashima (Japão)
Data: 7 de agosto de 2013, quarta-feira
Horário: 7h (de Brasília)
Árbitro: Não divulgado

KASHIMA ANTLERS: Sogahata; Aoki, Ogasawara, Maeno e Nishi; Endo, Shibasaki, Yamamura e Juninho; Osako e Davi
Técnico: Toninho Cerezo

SÃO PAULO: Rogério Ceni; Douglas, Lucas Silva, Edson Silva e Reinaldo; Wellington, Rodrigo Caio, Maicon e Ganso; Silvinho (Ademilson) e Aloísio
Técnico: Paulo Autuori

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.