Tamanho do texto

Vice-líder da Série B, equipe catarinense seca o Palmeiras para tentar voltar à liderança da competição

Após dois jogos fora de casa, a Chapecoense volta a atuar na Arena Condá, onde, nesta terça-feira, às 19h30 (de Brasília), recebe o Atlético-GO. Ocupando a vice-liderança da Série B do Campeonato Brasileiro, a equipe catarinense está motivada pela vitória diante do Sport, no último sábado, conquistada com um gol aos 43 e outro aos 47 minutos da partida.

Após o jogo dramático contra os pernambucanos, o meia Athos ressaltou a importância de jogar em casa e convocou a torcida a comparecer em peso para o duelo diante do Atlético-GO.

"Nós queremos que eles continuem comparecendo. Se der para encher um pouquinho mais, chegar a 10 mil torcedores no próximo jogo, será importantíssimo, porque estamos chegando a um momento do campeonato que definirá pelo que vamos brigar", disse o meia Athos em entrevista à rádio Super Condá.Além da motivação por uma virada conquistada no fim do jogo, o elenco da Chape conta com o momento frágil do adversário para vencer mais uma partida. O Atlético-GO acumula três derrotas seguidas, e, após a última, para o Paraná, perdeu o técnico Renê Simões, que pediu demissão.

A delegação do Dragão viajou para Chapecó na manhã desta segunda-feira com seis desfalques. Além de Ricardo Jesus e Denner (lesionados) e de Marino (suspenso), Anselmo, Ernandes e Pipico não enfrentarão a Chapecoense. Os três últimos teriam sido afastados pela diretoria por causa de atos de indisciplina.

O treinador Paulo César Gusmão, próximo de ser anunciado de forma oficial como novo técnico do Atlético-GO, não deve comandar a equipe mesmo que acerte seu contrato a tempo. O auxiliar técnico Gilberto Pereira dirigirá o time goiano contra os catarinenses.

FICHA TÉCNICA -  CHAPECOENSE X ATLÉTICO-GO

Local: Arena Condá, em Chapecó (SC)
Data: 6 de agosto de 2013, terça-feira
Horário: 19h30 (de Brasília)
Árbitro: Antonio Denival de Morais (PR)
Assistentes: Moises Aparecido de Souza (PR) e Rafael Trombeta (PR)

CHAPECOENSE: Nivaldo; Glaydson, Dão, Rafael e Anderson Pico; Wanderson, Paulinho, Augusto e Athos; Fabinho e Bruno Rangel
Técnico: Gilmar Dal Pozzo

ATLÉTICO-GO: Márcio; Rafael Cruz, Arthur, Ednei e Mahatma Gandhi; Renan Foguinho, Bida, Jeferson, João Paulo; Rafael e Diogo Campos
Técnico: Gilberto Pereira (interino)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.