Tamanho do texto

A declaração do técnico surge como resposta a insatisfação dos jogadores com as constantes mudanças na equipe

Pep Guardiola está longe de se achar um técnico perfeito. Na última segunda-feira, após a vitória do Bayern de Munique por 5 a 0 sobre o Rehdan, da quarta divisão nacional, pela primeira fase da Copa da Alemanha, o espanhol afirmou que é um treinador jovem e ainda não chegou ao seu auge.

Deixe o seu recado e comente esta notícia com outros torcedores

Guardiola vem sendo criticado por fazer muitas mudanças no Bayern
Martin Meissner/AP
Guardiola vem sendo criticado por fazer muitas mudanças no Bayern

"Só tenho 42 anos, apenas cinco de experiência como treinador e por isso está claro que tenho muito o que aprender", afirmou.

A declaração do espanhol pode servir como resposta às recentes declarações feitas por alguns jogadores bávaros nas últimas semanas. Ainda desacostumados com o estilo do novo comandante, atletas importantes do elenco admitiram estar estranhando as mudanças promovidas por Guardiola no time.

"Eu reparei que todo mundo ocupa uma posição diferente da habitual", relatou Thomas Muller, que vem sendo escalado como centroavante. "Nunca vi um treinador que mudasse tantas coisas", acrescentou Claudio Pizzaro, atacante que vem perdendo espaço com o espanhol. Dentre as modificações realizadas por Guardiola desde a sua chegada, as principais envolvem grandes ídolos da história recente do clube. Bastian Schweinsteiger, titular absoluto em toda a sua carreira, vem sendo preterido pelo recém-contratado Thiago Alcântara. Phillipp Lahm, capitão e lateral de origem, está ocupando a faixa central do campo. Além deles, o volante Javi Martínez foi deslocado para a zaga para melhorar a saída de bola.  "Não sei bem o que o Guardiola tem previsto para mim", comentou Schweinsteiger. "Não dá para fazer um futebol mais complicado que este", completou Arjen Robben.

Para Guardiola, no entanto, tudo é encarado com naturalidade. Até a pressão de comandar uma equipe do calibre do Bayern de Munique: "Estou satisfeito. Sei em que clube estou. Temos que ganhar tudo depois de ganhar tudo na temporada passada. Aceito a pressão, que também aumenta pelo meu passado como treinador", encerrou.

Ainda adaptando-se ao "estilo Pep Guardiola", o Bayern de Munique faz sua estreia no Campeonato Alemão na próxima sexta-feira, às 15h30 (de Brasília), diante do Borussia Monchengladbach, na Allianz Arena, em Munique. Atual campeã nacional, a equipe bávara deve encontrar no Borussia Dortmund o seu principal rival na busca pelo bicampeonato.

    Leia tudo sobre: Bayern de Munique
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.