Tamanho do texto

De fato, o Corinthians teve uma atuação convincente para ganhar por 2 a 0 do time catarinense no domingo, na rodada anterior do Campeonato Brasileiro

Guerrero vai jogar no ataque corintiano
Cristiano Andujar/Agif/Gazeta Press
Guerrero vai jogar no ataque corintiano

O técnico Tite relutou, mas reconheceu após a vitória sobre o Criciúma que a escalação do Corinthians deverá ser mantida para o clássico contra o Santos, na quarta-feira, na Vila Belmiro. Seu time não poderá utilizar os atacantes Emerson Sheik, suspenso, e Alexandre Pato, lesionado.

Médico do Corinthians veta Pato contra Santos e culpa "componente genético"

"Vocês não aliviam, hein? Pela coerência, seria o mesmo time. Mas não queria falar um negócio agora, que poderá não se confirmar depois. Só é uma tendência, pois a equipe foi muito bem contra o Criciúma", comentou Tite.

De fato, o Corinthians teve uma atuação convincente para ganhar por 2 a 0 do time catarinense no domingo, na rodada anterior do Campeonato Brasileiro. O meia Renato Augusto foi titular, beneficiado porque Emerson recebeu cuidados especiais dos departamentos médico e físico, e agradou com um belo gol marcado no primeiro tempo.

Jogadores do Corinthians já projetam disputa pelo título do Brasileirão

Como o Sheik recebeu um cartão amarelo nos acréscimos do jogo, o caminho ficou livre para Renato Augusto seguir entre os titulares. Tite não recriminou o atacante pela suspensão: "Foi um cartão acidental, de querer competir, de uma bola que havia se apresentado normalmente".

Sobre Pato, já vetado pelo departamento médico por causa de um edema na perna direita, o técnico do Corinthians desconversou: "Vamos ver como será o trabalho da semana, com a fisiologia. Às vezes, o atleta se sente melhor".

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.