Tamanho do texto

"Quando ficamos com dois a menos, nem precisei falar, porque ele voltou para recompor", disse o treinador do Inter

O técnico Dunga gostou do desempenho do argentino Scocco na estreia pelo Internacional, na partida contra o Grêmio , neste domingo. Depois de ter deixado o atleta no banco de reservas, o treinador colocou o reforço no segundo tempo, na vaga de Diego Forlán.

Leandro Damião valoriza gol no Gre-Nal e fica satisfeito com empate

Dunga no comando do Internacional
Edu Andrade / Fatopress/Gazeta Press
Dunga no comando do Internacional

"O Scocco entrou em uma fogueira e foi bem. Era uma situação difícil, porque os jogadores de meio-campo ainda não sabem como ele gosta de receber a bola. Ele teve uma oportunidade em que fez o que atacante tem de fazer, que é driblar e chutar", afirmou o comandante, citando uma finalização que foi para fora.

Dunga ainda ficou satisfeito com o empenho tático do atacante, que buscou um novo posicionamento em campo assim que o Colorado ficou com dois jogadores a menos na Arena, com as expulsões de Jorge Henrique e Fabrício.

"Quando ficamos com dois a menos, nem precisei falar, porque ele voltou para recompor. Quando fui abrir a boca, ele já estava lá", acrescentou o técnico. Ignacio Scocco acertou com o Inter depois de ter se destacado pelo Newell’s Old Boys.