Tamanho do texto

Com o resultado, o Fluminense chegou aos 13 pontos ganhos e está na 11ª posição do Campeonato Brasileiro, enquanto a Ponte Preta é o 15º colocado com 11 pontos

Ponte Preta e Fluminense empataram por 1 a 1 em partida disputada na tarde deste domingo, no Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas. O time carioca vencia até os 40 minutos do segundo tempo, com um gol de Gum, quando a equipe paulista empatou com o artilheiro William.

Veja a classificação e a tabela de jogos do Campeonato Brasileiro

Com o resultado, o Fluminense chegou aos 13 pontos ganhos e está na 11ª posição do Campeonato Brasileiro, enquanto a Ponte Preta é o 15º colocado com 11 pontos. O time carioca foi melhor durante a maior parte do jogo, mas perdeu várias chances. Fred voltou a desperdiçar um pênalti, a exemplo do que havia acontecido na partida diante do Cruzeiro.

Na próxima rodada, o Fluminense enfrentará o Vitória, no Barradão. A Ponte Preta vai visitar o Vasco, em São Januário

Ponte Preta e Fluminense empataram em Campinas
Rodrigo Villalba/Photocamera
Ponte Preta e Fluminense empataram em Campinas

O jogo
O Fluminense começou colocando pressão sobre a defesa da Ponte Preta e antes dos dois minutos, já tinha chegado duas vezes, com perigo, na área da Ponte Preta. O primeiro chute foi de Rafael Sobis após boa troca de passes, mas o goleiro Roberto defendeu com segurança.

A Ponte respondeu aos quatro minutos. Após boa troca de passes, Giovanni chutou rasteiro e Diego Cavalieri se esticou para mandar para escanteio.

A partida era movimentada, com os dois times jogando de forma aberta e procurando o ataque. O Fluminense, apenas com Felipe na armação, parecia mais preocupado em bloquear as investidas da equipe campineira, uma vez que Fred estava muito isolado, entre os zagueiros.

Aos dez minutos, após cruzamento de Chiquinho,Everton Santos bateu cruzado e a bola encobriu o travessão defendido por Diego Cavalieri. A Ponte Preta continuava melhor em campo e, aos 14 minutos, Uendel foi lançado nas costas de Igor Julião e tentou cruzar para William, mas a bola acabou nas mãos de Cavalieri.

O Fluminense voltou a chegar com perigo na área da Ponte, aos 18 minutos. Leandro Euzébio recebeu cruzamento na área paulista e ajeitou para Gum que bateu torto e mandou para fora, desperdiçando grande oportunidade.

A equipe da casa criou sua melhor chance aos 21 minutos. Após bela troca de passes que envolveu completamente a zaga tricolor, a bola foi lançada para o lateral Régis que penetrou pela direita e isolou a bola, para frustração da torcida do time paulista. Aos 25 minutos, o goleiro Diego Cavalieri teve que sair de cabeça, fora da área, para evitar que a bola lançada por Uendel chegasse ao atacante William.

O Tricolor das Laranjeiras respondeu com muito perigo. Fred foi derrubado na entrada da área e Rafael Sobis cobrou colocado, mas a bola bateu no travessão e saiu. Aos 32 minutos, o time dirigido por Vanderlei Luxemburgo trocou muitos passes na entrada da área da Ponte Preta, até que Jean resolveu definir o lance, mas chutou para fora.

A partida ficou monótona por causa dos seguidos erros de passes. Só aos 39 minutos é que a torcida da casa voltou a se agitar, quando Leandro Euzébio derrubou William na entrada da área e Chiquinho cobrou com perigo, mas a bola saiu.

Aos 41 minutos, Igor Julião tentou driblar Chiquinho na grande área e foi derrubado. O árbitro marcou pênalti. Na cobrança, Fred bateu no meio do gol, Roberto defendeu e ainda impediu que o atacante tricolor aproveitasse o rebote. Foi a segunda penalidade seguida perdida por Fred, que já tinha errado a cobrança na partida contra o Cruzeiro. No intervalo, o artilheiro reconheceu que tinha batido muito mal.

O Fluminense voltou mais agressivo no segundo tempo e, logo aos quatro minutos, marcou o primeiro gol. Wagner lançou Rafael Sobis na esquerda e o cruzamento na pequena área, foi escorado por Gum,de cabeça. O goleiro Roberto tentou defender, mas acabou se enroscando nas redes, sem conseguir impedir que a bola entrasse. Dois minutos depois, Rafael Sobis arriscou de longe e Roberto fez boa defesa. A Ponte Preta ficou desnorteada com o gol sofrido e errava muitos passes, irritando a torcida.

Aos dez minutos, Adrianinho tentou surpreender Cavalieri em cobrança de falta, mas o goleiro tricolor se recuperou e fez grande defesa, impedindo o gol de empate.

Aos 15 minutos, Igor Julião fez ótima jogada pela direita e cruzou para Wagner. O meia dominou a bola, mas concluiu muito mal. O técnico Carpegiani gastou todas as substituições na tentativa de fazer o time da Ponte Preta se recuperar, dentro da partida, mas a equipe paulista seguia mostrando dificuldades para penetrar na defesa da equipe carioca.

O Fluminense continuava pressionando, principalmente com jogadas do jovem Igor Julião,que era a principal opção ofensiva da equipe. Aos 27 minutos, Igor fez ótima jogada pela direita e cruzou para Fred, mas Diego Sacoman desviou para escanteio. Na cobrança, Gum cabeceou e Roberto defendeu, sem problemas.Aos 31, Rafael Sobis cobrou falta e Roberto defendeu, sem problemas.

Aos 40 minutos, a Ponte chegou ao empate em boa jogada de Alemão que invadiu para esquerda e cruzou para William definir o placar do jogo.

FICHA TÉCNICA
PONTE PRETA 1 X 1 FLUMINENSE

Local: Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas (SP)
Data: 4 de agosto de 2013, domingo
Horário: 16 horas (de Brasília)
Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (MG)
Assistentes: Kleber Lucio Gil (SC) e Carolina Romanholi Melo (CE)

Cartão Amarelo: Chiquinho, Diego Sacoman(Ponte); Igor Julião e Carlinhos(Flu)

Gols: PONTE PRETA: William aos 40 minutos do segundo tempo
FLUMINENSE: Gum aos quatro minutos do segundo tempo

PONTE PRETA: Roberto, Régis(Brian Sarmiento), Ferron, Diego Sacoman e Uendel; Baraka, Fernando(Adrianinho) e Giovanni; Chiquinho; William e Everton Santos(Alemão)
Técnico: Paulo César Carpegiani

FLUMINENSE: Diego Cavalieri, Igor Julião, Gum, Leandro Euzébio e Carlinhos; Edinho, Jean(Samuel), Wágner e Felipe(Kenedy); Rafael Sobis e Fred
Técnico: Vanderlei Luxemburgo

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.