Tamanho do texto

Com 12 pontos conquistados, time carioca pretende encostar no pelotão de frente; já rival paulista, que na quarta-feira perdeu de 5 a 3 para o Coritiba, tem dois pontos a menos

Fred marcou gol da vitória do Fluminense diante do Cruzeiro na estreia de Luxemburgo
Wagner Meier/Agif/Gazeta Press
Fred marcou gol da vitória do Fluminense diante do Cruzeiro na estreia de Luxemburgo

Depois de quebrar uma série de cinco derrotas consecutivas com o triunfo de 1 a 0 sobre o Cruzeiro, o Fluminense tenta embalar no Campeonato Brasileiro neste domingo, às 16h (de Brasília), quando visita a Ponte Preta no Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas, pela 11ª rodada da competição. Com 12 pontos conquistados o Tricolor pretende começar a deixar a parte intermediária da tabela de classificação e encostar no pelotão de frente. Já a Macaca, que na quarta-feira perdeu de 5 a 3 para o Coritiba, tem dois pontos a menos e deseja se distanciar da zona de rebaixamento.

Vanderlei Luxemburgo, técnico do Fluminense, tem procurado trabalhar o aspecto emocional dos jogadores para que eles comecem a ver com confiança a possibilidade de subirem na tabela de classificação. Para o treinador um dos principais pontos é repetir a garra exibida contra o Cruzeiro.

Confira a classificação completa do Brasileirão 2013

"Nós demonstramos muita garra e determinação e isso foi fundamental para a conquista de um bom resultado contra o Cruzeiro. Essa mesma aplicação tem que ser colocada em prática contra a Ponte Preta, pois será mais um confronto complicado e diante de um adversário que também necessita da vitória", disse Vanderlei.

Os jogadores do Fluminense, de certa maneira, já estão "comprando" o discurso do comandante e já projetam, inclusive, uma sequência de bons resultados.

"A vitória contra o Cruzeiro nos devolveu a confiança e nos tirou da zona de rebaixamento. Agora estamos na parte intermediária da tabela do campeonato e podemos, com uma série de vitórias, entrar na faixa de classificação para a Libertadores e começar a almejar o título. Portanto, nosso pensamento está em trazer de Campinas os três pontos, mesmo respeitando os profissionais que estão na Ponte Preta", disse o volante Jean.

Vanderlei Luxemburgo mais uma vez vai ter que quebrar a cabeça para montar o time do Fluminense. Como Bruno e Wellington Silva continuam entregues ao departamento médico, o treinador vai escalar o jovem Igor Julião, revelado nas categorias de base das Laranjeiras, na lateral direita. Isso porque o volante Jean, que foi improvisado na posição diante do Cruzeiro, vai voltar a sua posição original, já que Diguinho está suspenso por ter recebido o terceiro cartão amarelo contra os mineiros.

Ponte Preta ou Fluminense, quem você acha que leva a melhor? Comente

Com dores na coxa direita, o meia Deco será preservado e vai ceder o posto a Felipe. Fred, suspenso por ter sido expulso contra o Vasco, ainda é dúvida, já que aguarda recurso, e pode ser substituído por Samuel.

Pelo lado da Ponte Preta, o técnico Paulo César Carpegiani sabe da importância de se fazer a lição de casa.

"Nós fizemos um bom jogo contra o Coritiba e perdemos uma grande oportunidade de somarmos pontos fora de casa. Mas agora não podemos errar em Campinas porque a partida será com nosso mando de campo e apenas a vitória interessa diante do Fluminense. Não vai ser um jogo tranquilo, o adversário ganhou novo fôlego, mas temos um compromisso com aquilo que planejamos para este Brasileirão", analisou Carpegiani.

Para este jogo a Ponte Preta não terá o zagueiro Diego Sacoman, que está com uma lesão na coxa direita, nem com o meia Ramírez e com o atacante Rildo, suspensos por acúmulo de cartões amarelos. Assim, César entra na zaga, Giovanni entrará no meio-campo e Alemão será o companheiro de ataque de William.

FICHA TÉCNICA
PONTE PRETA X FLUMINENSE

Local: Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas (SP)
Data: 4 de agosto de 2013, domingo
Horário: 16 horas (de Brasília)
Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (MG)
Assistentes: Kleber Lucio Gil (SC) e Carolina Romanholi Melo (CE)

PONTE PRETA: Roberto, Advíncula, Ferron, César e Uendel; Baraka, Magal, Giovanni e Chiquinho; William e Alemão
Técnico: Paulo César Carpegiani

FLUMINENSE: Diego Cavalieri, Igor Julião, Gum, Leandro Euzébio e Carlinhos; Edinho, Jean, Wágner e Felipe; Rafael Sobis e Fred (Samuel)
Técnico: Vanderlei Luxemburgo

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.