Tamanho do texto

Duelo reúne campeão do Francês e da Copa da França. Se partida acabar empatada, título será decidido na cobrança de pênaltis

PSG, de Thiago Silva, é apontado como favorito para duelo deste sábado
Getty Images
PSG, de Thiago Silva, é apontado como favorito para duelo deste sábado

Paris Saint-Germain e Bordeaux fazem neste sábado, às 15h45 (de Brasília), a grande decisão da Supercopa da França. O PSG se credenciou para esta disputa por ter conquistado o título do Campeonato Francês, enquanto seu adversário fol o ganhador da Copa da França. Para atender a interesses comerciais, a partida será realizada no Estádio da Amizade Sino-Gabonesa, em Libreville, no Gabão.

Deixe seu recado e comente com outros leitores

A Supercopa da França tradicionalmente abre a temporada do futebol no país. O Lyon é o maior ganhador, com oito títulos, seguido pelo Stade Reims e pelo Saint-Étienne, que somam cinco conquistas. O Bordeaux foi campeão três vezes, em 1986, 2008, 2009, enquanto  o PSG ganhou em 1995 e 1998. As duas equipes se enfrentaram em uma decisão de Supercopa uma única vez, em 1986, quando o Bordeaux levou a melhor, ganhando por 1 a 0. O Lyon também é o atual campeão, tendo vencido o Montpellier nos pênaltis na edição passada após empate por 2 a 2 no tempo normal.

Em relação ao jogo deste sábado, o favoritismo é do PSG, por conta de seu elenco milionário, que conta com peças como o zagueiro brasileiro Thiago Silva e o atacante sueco Ibrahimovic.

"Sabemos que nosso elenco tem grande qualidade, mas isso não nos dá o favoritismo, pois estamos falando de um título que vai ser disputado em noventa minutos, quando qualquer coisa pode acontecer", analisou Laurent Blanc, técnico do PSG. Ele decidiu não relacionar a principal contratação do clube para a temporada, o atacante uruguaio Edinson Cavani, que estava no Napoli e que ainda se encontra longe da melhor forma física.

Pelo lado do Bordeaux existe o claro objetivo de deixar o rival partir para o ataque.

"O Paris Saint-Germain traz um favoritismo que vai obrigá-lo a partir para o ataque. Não vamos ficar acuados, mas vamos procurar o melhor momento de ganhar a partida", disse Francis Gillot, técnico do Bordeaux.

Caso a decisão deste sábado termine empatada o campeão será conhecido nas cobranças de pênaltis.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.