Tamanho do texto

Clube de Campinas ocupa, até o momento, a 15ª colocação da tabela da competição, com 10 pontos em nove jogos realizados e joga em casa contra os cariocas

A equipe da Ponte Preta realizou um trabalho técnico na tarde desta sexta-feira visando o duelo contra o Fluminense. O time comado pelo técnico Paulo Cesar Carpegiani sabe que, apesar do jogo ser em casa, o confronto com a equipe carioca não será fácil.

"Vai ser um jogo difícil. A equipe deles vem motivada pela troca de treinador e a vitória na última rodada. Sabemos da nossa força jogando dentro de casa, a gente vem de uma vitória boa contra o Santos no Moisés e, apesar da derrota contra o Coritiba, temos tudo para fazer um bom jogo", disse o lateral Uendel.

Além disso, o camisa 6 da Macaca conta com o apoio da torcida e destacou o horário da partida - 16h (de Brasília). "Os horários, que estavam acontecendo nossos jogos no Majestoso, eram ruins principalmente para o torcedor voltar para casa depois. Acredito que 16h é um horário ideal, que sempre o nosso torcedor lota o estádio, e tenho certeza que neste domingo não será diferente", afirmou o lateral.

Para este jogo, o técnico alvinegro não poderá contra com Ramirez e Rildo. Os dois jogadores receberam o terceiro cartão amarelo e foram suspensos. De acordo com Uendel, esses atletas são essenciais, mas ele acredita no bom trabalho de Paulo Cesar Carpegiani para encontrar substitutos a altura.

"O Ramirez na criação e o Rildo como válvula de escape são dois jogadores importantes e que vão fazer falta para nossa equipe. Mas vamos ter esses dois dias para trabalhar e o treinador vai saber montar uma equipe qualificada com jogadores de qualidade", conclui.

O duelo contra o Fluminense será no estádio Moisés Lucarelli e é válido pela 11ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro. A Ponte Preta ocupa, até o momento, a 15ª colocação da tabela da competição, com 10 pontos em nove jogos realizados.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.