Tamanho do texto

Gols de Vitinho e Elias ajudaram equipe carioca a ficar na frente do Coritiba na tabela pelos critérios de desempate

7

Vitinho (número 31) comemora com Julio Cesar seu gol diante do Vitória, no Maracanã
Jorge Rodrigues/Agência Eleven/Gazeta Press
Vitinho (número 31) comemora com Julio Cesar seu gol diante do Vitória, no Maracanã

O Botafogo reassumiu a liderança do Campeonato Brasileiro ao derrotar o Vitória, por 2 a 0, em partida disputada na noite desta quinta-feira, no Maracanã, e agora soma 20 pontos, mas leva vantagem sobre o Coritiba no número de vitórias. O time baiano segue com 15, na sexta colocação.

Comente esta notícia com outros torcedores

Diante de uma torcida empolgada, o Botafogo foi melhor durante a maior parte do tempo e mereceu o resultado. O Vitória, por sua vez, entrou com uma proposta defensiva e, depois de sofrer os gols, não teve competência para tentar mudar a sorte da partida. Vitinho e Elias, um em cada tempo, marcaram os gols da equipe dirigida por Oswaldo de Oliveira.

Na próxima rodada, o Botafogo enfrentará o Vasco, no Maracanã. O Vitória vai receber a Portuguesa, no Barradão.

O jogo

O Vitória começou a partida mostrando boa disposição ofensiva. Aos quatro minutos, o lateral-esquerdo Danilo lançou Maxi. A zaga do Botafogo tentou fazer linha de impedimento, mas errou e permitiu que o atacante argentino recebesse em liberdade, mas acabou sendo desarmado pela zaga.

O Botafogo ficava mais tempo com a bola, mas encontrava dificuldade para penetrar na defesa baiana. Aos dez minutos, o Botafogo seu sua primeira incursão com perigo. Júlio César cruzou da esquerda, Rafael Marques subiu mais do que a zaga e cabeceou para fora, sem perigo para Wilson.

O lance animou a equipe alvinegra e aos 13 minutos, foi a vez de Gabriel cruzar para Vitinho que subiu sem marcação e mandou para fora, desperdiçando uma boa oportunidade para marcar.

O Botafogo continua dominando as ações, enquanto o Vitória apenas se defendia, pouco se arriscando nas manobras ofensivas. Aos 19 minutos, Gilberto cruzou para Rafael Marques, mas Daniel Borges dividiu a jogada e impediu a conclusão.

Aos 22 minutos, o meia Seedorf dominou na intermediária, olhou a posição do goleiro Wilson e tentou surpreender o goleiro, mas a bola encobriu o travessão.

Depois de muito pressionar, o Botafogo marcou o primeiro gol, aos 31 minutos, através de Vitinho. Gabriel recebeu de Lodeiro e enfiou um passe perfeito para Seedorf. O meia holandês entrou livre na área e tocou para Vitinho que só teve o trabalho de empurrar a bola para as redes do Vitória.

Mesmo em desvantagem, o Vitória não modificou sua forma de jogar, continuando concentrado na defesa e mantendo apenas Maxi isolado na frente. Só aos 44 minutos é que o time baiano criou sua primeira grande chance de marcar. Maxi recebeu e ajeitou para Dinei que chutou forte e obrigou Jefferson a praticar grande defesa, evitando o empate, no último lance importante do primeiro tempo.

Os dois times voltaram sem mudanças para o segundo tempo. E o Botafogo quase ampliou aos três minutos. Após cruzamento de Vitinho, Rafael Marques não chegou a tempo, mas Lodeiro, de peixinho, mandou para o gol e exigiu grande defesa de Wilson.

O Vitória só conseguiu criar uma jogada de perigo aos oito minutos. Maxi fez ótimo lançamento para Escudero, livre, na frente de Jefferson, mas o argentino se atrapalhou e não conseguiu a conclusão. A resposta alvinegra veio aos 11 minutos em chute de Seedorf que passou bem perto do gol defendido por Wilson.

O técnico Caio Júnior decidiu aumentar a força ofensiva da sua equipe e colocou o meia Camacho no lugar do lateral-esquerdo Danilo Tarracha. E Camacho quase empatou a partida, aos 24 minutos. Ele acertou um belo chute da entrada da área e assustou o goleiro Jefferson.

No Botafogo, Vitinho pediu para sair e Oswaldo de Oliveira colocou Elias em seu lugar. Aos 30 minutos, a equipe carioca criou e desperdiçou mais uma chance de ampliar o marcador. Seedorf se aproveitou da falha de Camacho para lançar Lodeiro. O uruguaio poderia ter chutado, mas preferiu tentar o drible, e acabou ficando sem a bola. No minuto seguinte foi a vez de Elias concluir, mas a bola desviou na zaga e saiu para escanteio.

Aos 34 minutos, Elias anotou o segundo gol do Botafogo. Ele recebeu ótimo lançamento de Seedorf, penetrou no meio da zaga e tocou na saída do goleiro Wilson. Na comemoração, Elias foi abraçar os torcedores e recebeu cartão amarelo. Com a vitória garantida, o Botafogo apenas administrou a vantagem até o apito final, enquanto o Vitória, desanimado, pouco fazia para tentar mudar sua sorte na partida.

FICHA TÉCNICA
BOTAFOGO 2 X 0 VITÓRIA

Local: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 1 de agosto de 2013 (Quinta-feira)
Horário: 19h30 (de Brasília)
Árbitro: Flávio Rodrigues Guerra (SP)
Assistentes: Fabiano Ramires (ES) e Cleriston Clay Barreto Rios (SE)
Cartões Amarelos: Rafael Marques, Júlio César, Elias, Dória (Botafogo); Danilo Tarracha(Vitória)
Gols:
BOTAFOGO: Vitinho, aos 31 minutos do primeiro tempo e Elias aos 34 minutos do segundo tempo

BOTAFOGO: Jefferson, Gilberto, Dória, Bolívar e Julio Cesar; Marcelo Mattos, Gabriel, Seedorf(Gegê), Lodeiro(Dedé) e Vitinho(Elias); Rafael Marques
Técnico: Oswaldo de Oliveira

VITÓRIA: Wilson, Daniel Borges, Gabriel Paulista, Fabrício e Danilo Tarracha(Camacho); Michel, Cáceres, Renato Cajá(Vander) e Escudero; Maxi Biancucchi(Leilson) e Dinei
Técnico: Caio Júnior

* Com Gazeta

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.