Tamanho do texto

Marcelo Oliveira condenou o excesso de falhas na hora de concluir as jogadas, situação que custou a perda da liderança do Brasileiro

Marcelo Oliveira é técnico do Cruzeiro
Washington Alves/VIPCOMM
Marcelo Oliveira é técnico do Cruzeiro

O técnico Marcelo Oliveira gostou da exibição do Cruzeiro contra o Fluminense , no Maracanã, mas condenou o excesso de falhas na hora de concluir as jogadas, situação que custou a perda da liderança do Brasileiro para o Coritiba. Para o treinador do Cruzeiro, a equipe mineira foi melhor no primeiro tempo, mas permitiu a vitória do Fluminense na etapa complementar.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

"Vínhamos bem no jogo até os 35 minutos do primeiro tempo. Fazíamos uma marcação muito boa no Fluminense e nós precisávamos decidir. Era importante fazer o gol porque isso traria uma pressão muito grande e abriria muito mais o jogo, porém acabamos perdendo pelo menos três oportunidades no primeiro tempo. No segundo tempo, o Fluminense cresceu, perdemos um pouco a marcação e em uma das jogadas que o Carlinhos fugiu, ele fez a jogada do gol", analisou.

O treinador da Raposa deixou claro que as oportunidades quando surgem tem que ser convertidas em gol, pecado mortal cometido pelo Cruzeiro nesta quarta-feira. "Nos faltou poder de decisão. No futebol de hoje, às vezes não se tem muitas oportunidades e quando elas aparecem é preciso ter poder de conclusão para decidir o jogo", disse.

Leia mais: Com gol de Fred, Fluminense derrota Cruzeiro na estreia de Luxemburgo

Confiante em uma reabilitação, o técnico cruzeirense já convoca a torcida celeste para o jogo contra Coritiba, que vale a ponta do Brasileirão. "Não vamos nos abater. Muito pelo contrário. Vamos fortes para o próximo jogo, contando com a presença do torcedor no sábado para buscar a vitória e retomar o nosso caminho", concluiu.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.