Tamanho do texto

"Tenho confiança e acredito que o Brasil estará na final. Com Espanha ou com a Alemanha, mas que o Brasil esteja", finalizou o eterno camisa 10 do Brasil

Pelé está em Nova York, nos Estados Unidos, para promover a volta do Cosmos, clube que encerrou as suas atividades em 1984, ao futebol. Lá, ele não conseguiu fugir das perguntas sobre as comparações entre Neymar, Messi e Cristiano Ronaldo, que jogarão juntos na Espanha pela primeira vez.

Neymar promete comemoração especial se marcar em "final" diante do Santos

Pelé com Neymar
Scott Heavey/Getty Images
Pelé com Neymar

"As pessoas gostam de fazer comparação com Messi, mas Messi já tem alguns anos de experiência. Cristiano Ronaldo também: é um atacante que faz mais gols. Mas, para o futuro, acho que Neymar será o melhor", opinou o Rei, que também apostou na seleção brasileira para a Copa do Mundo de 2014.

Juntamente da Espanha ou da Alemanha, o time canarinho deverá se classificar para a final do Mundial. "Tenho confiança e acredito que o Brasil estará na final. Com Espanha ou com a Alemanha, mas que o Brasil esteja", finalizou o eterno camisa 10 do Brasil.

Leia as notícias de Copa do Mundo 2014

Pelé deverá permanecer em território norte-americano durante os próximos dias, em que acompanhará o retorno do New York Cosmos, equipe que defendeu entre 1975 e 1977. Após 13 anos de história, cinco títulos nacionais e uma legião de craques, o clube fechou as suas portas.

O Cosmos também já contou com Carlos Alberto Torres, Franz Beckenbauer e Giorgio Chinaglia, estrelas compradas por Steve Ross, à época presidente também da Warner Communications. Ross foi convencido de investir no futebol, por causa da viabilidade econômica da Liga Norte-Americana.

A reestreia do Cosmos nos campos está marcada para este sábado, às 20 horas (de Brasília), contra o Fort Lauderdale Strikers - equipe que foi goleada pelo Cruzeiro, por 4 a 0, durante a Copa das Confederações -, na Universidade Hofstra.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.