Tamanho do texto

Derrota por 3 a 0 para o Bahia fora de casa resultou no retorno do time comandado por Mano Menezes à zona de rebaixamento do Brasileirão

Fernandão celebra gol do Bahia contra o Flamengo
Futura Press
Fernandão celebra gol do Bahia contra o Flamengo

O Flamengo foi para o intervalo reclamando da confusa decisão da arbitragem em validar o segundo gol do Bahia na Arena Fonte Nova. Diferentemente do clássico contra o Botafogo, o time não conseguiu reagir no segundo tempo e teve atuação abaixo do esperado, que resultou na volta à zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro .

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

"Infelizmente hoje não jogamos bem. Não conseguimos nos impor no segundo tempo como fizemos contra o Botafogo (empate em 1 a 1). Futebol é isso, você não está bem e acaba dando oportunidades para o time adversário. Agora é trabalhar e levantar a cabeça, porque já temos jogo no domingo contra o Atlético-MG", analisou o volante Luiz Antônio.

O discurso apresentado pelo meio campista foi reforçado pelo zagueiro Wallace, que sofreu com o veloz ataque do Bahia formado por Wallyson, Anderson Talisca, Marquinhos Gabriel e Fernandão. Segundo o defensor, o momento para o time da Gávea é de reflexão para tentar iniciar uma arrancada no Brasileirão.

"O time não jogou bem, não teve o desempenho do segundo tempo do clássico. Não marcamos e nem jogamos. Nós jogadores temos que rever nossos conceitos, só assim vamos ver o que está acontecendo e por que o desempenho do jogo com o Botafogo não aconteceu. Agora temos que repensar, rever e ter paciência", alertou Wallace.

Já o goleiro Felipe, um dos mais revoltados com a validação do segundo gol do Bahia na derrota por 3 a 0, resolveu deixar de lado o suposto erro do trio de arbitragem. Na saída do gramado, o arqueiro que falhou no primeiro tento tricolor preferiu não procurar desculpas para o tropeço: "O Bahia mereceu a vitória, jogou bem. Agora é trabalhar para o jogo de domingo".

*Com Gazeta

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.