Tamanho do texto

Como São Paulo, de Jadson, perdeu para o Bayner de Munique, acabou na briga do terceiro lugar. Já o Manchester City, de Fernandinho, encara os alemães na decisão

Jogadores do Bayern de Munique comemoram gol de Mandzukic na vitória sobre o São Paulo
AP
Jogadores do Bayern de Munique comemoram gol de Mandzukic na vitória sobre o São Paulo

A Copa Audi aproximou dois grandes amigos na Alemanha. Parceiros de time por quase uma década, Jadson e Fernandinho poderiam se encontrar em campo pela primeira vez depois de tomarem caminhos diferentes. Só que eles se verão apenas fora das quatro linhas mesmo, pois o São Paulo perdeu para o Bayern de Munique e disputará o terceiro lugar - frente ao Milan , às 13h15 (de Brasília) desta quinta-feira, na Allianz Arena -, enquanto o Manchester City decidirá o título contra os anfitriões.

Deixe seu recado e comente com outros leitores

"O Fernandinho é como um irmão para mim", disse Jadson, atualmente dono da camisa 10 são-paulina, antes de partir para a excursão por Europa e Ásia. "Começamos juntos no Atlético-PR, fomos vendidos juntos para o Shakhtar (Donetsk, da Ucrânia), convivemos juntos muitos anos. Ele é um grande jogador, e fico feliz de revê-lo em um grande clube, como o Manchester".

Leia mais: São Paulo freia Bayern um tempo, perde pênalti e disputa 3º lugar da Copa Audi

A parceria teve início em 2003, quando Fernandinho ficou em definitivo no grupo profissional do time paranaense. Dois anos depois, vice-campeões brasileiros, foram negociados praticamente ao mesmo tempo para o futebol ucraniano. Jadson foi na frente, e Fernandinho ainda participou da final da Libertadores de 2005 (vencida pelo São Paulo) antes de se apresentar em Donetsk, onde reeditariam o sucesso da dupla e estreitariam a amizade entre ambos.No período em que usam simultaneamente a camisa laranja e preta do Shakhtar, os brasileiros venceram a Copa da Uefa (2009), quatro vezes o Campeonato Ucraniano (2006, 2008, 2010 e 2011) e duas vezes a Copa da Ucrânia (2008 e 2011). No começo de 2012, Jadson retornou ao Brasil ao acertar com o São Paulo. Fernandinho continuou por lá mais um tempo e só deixou o clube neste ano, transferindo-se para o City. Nem por isso deixaram de se falar.


"O Fernadinho passou uns dias das férias em São Paulo. Nós saímos em família, com nossas esposas e nossos filhos. Sempre mantivemos contato por telefone, mensagens. É uma amizade muito bacana, e estamos sempre torcendo um pelo outro no futebol e na vida. Ele é um 'irmaozão' para mim", falou Jadson, quando ainda tinha esperança de encontrar o amigo na decisão da Copa Audi.

E mais: Fabrício vê lado bom em revés e prevê melhora do São Paulo até volta ao Brasil

O São Paulo, porém, não conseguiu frear o Bayern de Munique, na quarta-feira. O técnico Paulo Autuori repetiu a tática defensiva, com três volantes atrás de Jadson, e a equipe até suportou a primeira etapa. Mas, na volta do intervalo, o campeão europeu conseguiu vazar a meta de Rogério Ceni e ainda contou com pênalti desperdiçado pelo goleiro brasileiro para vencer por 2 a 0 e passar à final. Mais cedo, o City, de Fernandinho, havia batido o Milan por 5 a 3.

Apesar do desencontro na chave, os colegas devem se ver fora de campo, já que todos os jogos da competição amistosa são disputados na Allianz Arena. A decisão do título, entre alemães e ingleses, será na sequência da partida do São Paulo, a partir de 15h30.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.