Tamanho do texto

O zagueiro Gum e o atacante Rafael Sóbis acreditam que o Botafogo continua forte, mesmo com a saída de Fellype Gabriel e Andrezinho

Gum. zagueiro do Fluminense
Photocamera
Gum. zagueiro do Fluminense

Fluminense e Botafogo normalmente fazem um confronto sem favoritos, e isso deve se repetir no duelo deste domingo, às 18h30 (de Brasília), na Arena Pernambuco, em Recife (PE), pela sexta rodada do Campeonato Brasileiro. Porém, há quem diga que o Tricolor leva um ligeiro favoritismo por conta de alguns problemas que o rival está atravessando.

Deixe o seu recado e comente esta notícia com outros torcedores

Além de uma grave crise financeira, que tem gerado atrasos salariais e de premiação ao elenco, o Alvinegro perdeu peças importantes, como os meias Fellype Gabriel, negociado com o futebol dos Emirados Árabes Unidos, e Andrezinho, que está acertando transferência para o futebol chinês.

Leia mais: Oswaldo aprova Arena Pernambuco para clássico, mas lamenta desgaste

Além disso, o Fluminense está sem jogos no meio da semana, enquanto o Botafogo teve que viajar até Volta Redonda (RJ) para enfrentar o Figueirense pela rodada de ida da terceira fase da Copa do Brasil. Assim, como o jogo é fora da capital carioca, mesmo com mando de campo o Glorioso vai sofrer com o desgaste. Porém, tudo isso está sendo minimizado pelos tricolores.

"Não acredito que vamos encontrar facilidades contra o Botafogo. O time deles é muito bom, e mesmo perdendo alguns jogadores tem uma base muito forte. Conta com peças importantes como o Seedorf e o Lodeiro, tem uma defesa sólida, um grande goleiro, um treinador competente, enfim, está longe de ser um adversário fácil. Com certeza vamos encontrar muitas dificuldades", disse o zagueiro Gum.

O atacante Rafael Sobis lembrou da final da Copa das Confederações do último domingo, quando a Seleção Brasileira conquistou o título derrotando a Espanha por 3 a 0 na final, para alertar os tricolores sobre as dificuldades que eles enfrentarão.

"O Botafogo montou um grande time, teve um dos melhores desempenhos do primeiro semestre e se conseguir manter esse ritmo vai dar muito trabalho no Campeonato Brasileiro. Portanto, temos que ir a campo pensando em fazer o nosso trabalho. Na Copa das Confederações, muito se falou que a Espanha estava cansada, que os jogadores não se empenharam e o Brasil foi a campo pensando apenas em jogar futebol e foi campeão. Temos que pensar nisso e nos preocuparmos apenas com o nosso jogo", disse Rafael Sobis.

"Eles nos venceram na decisão do Campeonato Carioca e ficaram com o título ganhando os dois turnos de forma direta, algo pouco provável de acontecer. Além disso, estão bem colocados na tabela de classificação do Campeonato Brasileiro. Perderam alguns jogadores, mas têm peças de reposição. Quanto a viajar, o Botafogo está enfrentando as mesmas dificuldades que as nossas. Acredito em uma partida equilibrada, como deve ser um clássico, com qualquer um dos times podendo ganhar. Será um jogo decidido nos detalhes", disse o apoiador.

Em termos de escalação, o técnico Abel Braga deverá confirmar o time no treino previsto para a tarde desta quinta-feira, nas Laranjeiras. O goleiro Diego Cavalieri, o volante Jean e o atacante Fred, que estavam servindo à Seleção Brasileira, têm escalação assegurada diante dos botafoguenses. Na sexta-feira, o elenco treina pela manhã , também nas Laranjeiras, e no sábado acontece a viagem para Pernambuco.