Tamanho do texto

"A temporada europeia começa agora, e eu espero disputar mais uma Copa do Mundo", disse o meio-campista

Kaká, meia do Real Madrid
Reprodução/Facebook
Kaká, meia do Real Madrid

Melhor jogador do mundo em 2007, mas reserva do Real Madrid durante a última temporada, o meia Kaká afirmou que vai continuar no Real Madrid, que agora conta com o técnico italiano Carlo Ancelotti, com o qual trabalhou nos tempos de Milan.

De férias, Kaká visita a China e vira "anão" perto de jogadores de basquete

Contratado pelo clube espanhol em 2009 por 65 milhões de euros (R$ 188 milhões), o meia ainda não convenceu na equipe merengue. Reserva de José Mourinho durante toda a última temporada, o meia pouco jogou e sofreu com algumas lesões.

Real Madrid pode ceder Kaká e pagar mais R$ 73 milhões para ter El Shaarawy

Por causa disso e da consequente insatisfação da exigente torcida blanca, o jogador vem tendo sua saída da Espanha muito especulada. O Milan, clube pelo qual foi eleito o melhor jogador do mundo em 2007, é considerado o seu destino mais provável. Nesta terça, no entanto, Kaká negou que deseja sair do Real Madrid.

Ancelotti admite projeto para recuperar Kaká no Real Madrid

"Sou jogador do Real, e quero ficar lá. Vou me apresentar junto com o restante do elenco dia 15 de julho e conversar com o Carlo Ancelotti (novo treinador do time), ver qual é a ideia dele, mas meu pensamento é ficar", disse o meia, que já foi comandando pelo técnico italiano no próprio Milan.