Tamanho do texto

Equipe francesa tem novo dono e vem investindo alto em novas contratações. Falcao Garcia, Ricardo Carvalho, James Rodriguez e João Moutinho já estão fechados

Terry comemora diante da torcida do Chelsea
Getty Images
Terry comemora diante da torcida do Chelsea

Criado nas categorias de base do Chelsea e alçado ao profissional em 1998, o zagueiro John Terry se fixou como peça importante na equipe londrina e conquistou prestígio no futebol europeu. Apesar disso, o treinador José Mourinho não descarta negociá-lo. E, segundo divulgou o jornal Telegraph na edição desta quarta-feira, o Monaco deve fazer uma oferta para contratar o atleta.

Aos 32 anos, o defensor tem vínculo com o Chelsea até a próxima temporada. Caso opte por não renovar o contrato de Terry, o clube comandado por Roman Abramovich tem nesta janela de transferências uma de suas últimas chances de lucrar com o atleta.

Atento a situação, o Monaco pretende oferecer 7 milhões de euros (cerca de R$ 19,3 milhões) ao time britânico. Além disso, o clube francês está disposto a assinar contrato de dois anos e oferecer salário semanal de 150 mil libras (aproximadamente R$ 486,6 mil). Mesmo assim, Terry pretende continuar no Chelsea.

O zagueiro sofreu problemas físicos ao longo desta temporada e acabou sendo preterido pelo treinador Rafael Benítez em alguns momentos. O defensor disputou 27 partidas nos últimos meses, sendo 24 como titular, e marcou seis gols. Com a chegada de José Mourinho, que foi seu técnico entre 2004 e 2007, o camisa 26 espera ter maior regularidade na equipe titular.

O Monaco, comprado pelo bilionário russo Dmitry Rybolovlev, já contratou quatro reforços para próxima temporada: Falcao García (Atlético de Madrid), James Rodriguez (Porto), João Moutinho (Porto) e Ricardo Carvalho (Real Madrid). Ao todo, o clube francês investiu 130 milhões de euros (por volta de RS 421,7 milhões) nos atletas.