Tamanho do texto

Gol de Lulic garantiu a taça e a quebra do jejum de quatro anos sem conquistar um título

Lazio é campeã da Copa da Itália 2012/2013
Reuters
Lazio é campeã da Copa da Itália 2012/2013

Pela sexta vez em sua história, a Lazio é campeã da Copa da Itália. E o título deste domingo veio com um sabor especial: vitória por 1 a 0 sobre a arquirrival Roma, com gol no final do jogo, disputado no estádio Olímpico. Foi a primeira taça conquistada pela equipe desde 2009.

A partida foi fraca tecnicamente durante a maior parte do tempo, com as duas equipes pouco inspiradas. Estiveram em campo quatro brasileiros: Hernanes defendeu a Lazio, enquanto Marquinho, Marquinhos, Leandro Castán e Dodô estiveram em campo pela Roma.

A apreensão para o jogo era grande também por manifestações neonazistas recentes das duas torcidas e pelo risco de brigas entre os dois lados. Mas o que mais chamou a atenção fora das quatro linhas foi a sonora vaia que o cantor sul-coreano Psy recebeu de boa parte do estádio, no show anterior à partida.

Lulic fez o gol que garantiu o título da Lazio sobre a Roma
Reuters
Lulic fez o gol que garantiu o título da Lazio sobre a Roma


O jogo
O primeiro tempo decepcionou aqueles que esperavam que a rivalidade bastaria para criar uma boa partida. Nenhuma das duas equipes conseguia criar chances de perigo durante os 45 minutos iniciais, dando a impressão de que aquela não era a final de um torneio entre dois rivais históricos. O único sinal maior de tensão foram os cartões amarelos distribuídos pelo árbitro: três para a Lazio (Ledesma, Hernanes e Klose) e dois para a Roma (Balzaretti e Marquinho).

Na segunda etapa, o jogo pouco melhorou, pelo menos até os 25 minutos. Foi quando a Lazio conseguiu pressionar o adversário e abrir o placar. Antonio Candreva desceu pela direita com velocidade e cruzou, Bogdan Lobont conseguiu desviar, mas Lulic aproveitou o rebote e mandou para as redes.

O gol foi, no entanto, um lance praticamente isolado, já que os dois lados continuavam jogando um futebol pouco inspirado. Ainda deu tempo de Klose perder ótima chance de ampliar o placar e selar de vez a conquista, ou Tachtstidis ser expulso por reclamaçãopelo árbitro , mesmo estando no banco da Roma. Melhor para a Lazio, que teve o título confirmado aos 49 minutos, com o apito final.