Tamanho do texto

Os mineiros não entraram em campo com o time completo e garantiam um empate até os 46 minutos do segundo tempo, quando sofreram o segundo gol do Coritiba

Alecsandro tenta jogada pelo Atlético-MG observado por Leandro Almeida, do Coritiba
Heuler Andrey/Agif/Gazeta Press
Alecsandro tenta jogada pelo Atlético-MG observado por Leandro Almeida, do Coritiba

Em um jogo movimentado no Estádio Couto Pereira, o Coritiba bateu o Atlético Mineiro por 2 a 1, de virada, na estreia pelo Campeonato Brasileiro 2013, fechando a primeira rodada. Os mineiros, focados na Libertadores da América, não entraram em campo com o time completo e garantiam um empate até os 46 minutos do segundo tempo, quando sofreram o castigo que alivia o Coxa, que vivia sob pressão.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Após um primeiro tempo equilibrado, com leve superioridade alviverde, o Galo precisou de quatro minutos na etapa final para abrir o placar, com Diego Tardelli, cobrando falta e contando com a ajuda do goleiro Vanderlei. Aos oito minutos, Deivid, de cabeça, deixou tudo igual. Aos 46 minutos, Arthur, que havia entrado poucos minutos antes, decretou a virada.

Na próxima rodada, o Coritiba vai a Salvador, onde encara o Bahia, quarta-feira, no Estádio Pituaçu. Já o Atlético Mineiro terá pela frente pela segunda rodada o Grêmio, na Arena do Jacaré, mas a partida será disputada apenas no dia 09 de junho.

O jogo

Aproveitando um vacilo de Deivid, logo no primeiro minuto, o Galo partiu para o contra-ataque com Bernard, que cruzou para Alecsandro bater para defesa de Vanderlei. Porém, o árbitro já invalidava o lance anotando impedimento. Aos cinco minutos, Victor Ferraz tentou responder chegando à linha de fundo e cruzando forte, mas ninguém alcançou a bola. O Coxa subiu de produção e tinha maior posse de bola.

Alex, em cobrança de escanteio, aos 14 minutos, quase surpreendeu o goleiro Victor, com uma bola bem fechada, mas a defesa tirou no primeiro pau. Aos 16 minutos, o garoto de ouro alviverde cobrou falta na entrada da área, sem direção. O Atlético só se defendia, mas o Coritiba errava muito e não aproveitava a superioridade. Mais uma cobrança de falta para Alex, aos 24 minutos, e desta vez a bola raspou a trave esquerda.

O ritmo caiu um pouco, com equilíbrio entre as equipes. Aos 28 minutos, o Atlético chegou com perigo quando Diego Tardelli e Luan tabelaram, mas foram travados por Leandro Almeida. Os mineiros subiram de produção. Confusão na área coxa-branca após saída errada, aos 39 minutos, Tardelli pegou a sobra de bola e chutou para fora, com desvio da defesa. Na resposta, Júnior Urso invadiu a área e disparou a bomba para Victor salvar.

Para a segunda etapa as equipes retornaram do intervalo sem modificações. Logo no primeiro minuto, lançamento para Dênis Neves, que dividiu com a defesa e viu a bola sair pela linha de fundo. Até que, aos quatro minutos, Diego Tardelli cobrou falta, a bola quicou no chão e enganou todo mundo, morrendo no fundo das redes. O Coxa tentou devolver no lance seguinte, em cabeçada de Geraldo que passou raspando a trave. Porém, aos oito minutos, Deivid deixou tudo igual, aproveitando cruzamento de Victor Ferraz.

A resposta rápida do Coritiba impediu que o time da casa entrasse em desespero e seguisse bem postado. Aos 14 minutos, Diego Tardelli cobrou falta e desta vez a defesa desviou tirando pela linha lateral. Com maior posse de bola, o Coxa tocava, sem conseguir penetrar na defesa mineira. Aos 22 minutos, o argentino Bottinelli entrou no lugar de Robinho para finalmente fazer sua estreia com a camisa coxa-branca.

O meia argentino mostrou que pode ajudar muito a equipe paranaense na competição e, logo em seu primeiro lance, recebeu, abriu espaço e acertou na rede, pelo lado de fora. Em uma noite de atuação fraca, Alex deixou o campo sem marcar seu gol 400 para a entrada de Lincoln. Aos 34 minutos, o meia cobrou falta e a defesa alvinegra tirou o perigo. Aos 38 minutos, Vanderlei se redimiu da falha no gol e salvou chute de Luan, no cantinho. Deivid ainda teve uma chance para garantir a vitória, aos 41 minutos, e mandou por cima da meta. Mas, aos 46 minutos, Arthur, que havia entrado poucos minutos antes, aproveitou cruzamento para virar.

CORITIBA 2 X 1 ATLÉTICO-MG

Local: Estádio Major Antônio Couto Pereira, em Curitiba (PR)
Data: 26 de maio de 2013, domingo
Horário: 18h30 (de Brasília)
Árbitro: Wagner do Nascimento Magalhães (RJ)
Assistentes: Luiz Antônio Muniz de Oliveira e Jackson L. Massarra dos Santos (ambos do RJ)

Cartão amarelo: Geraldo (Coritiba); Alecsandro, Josué e Diego Tardelli (Atlético-PR)

Gols: CORITIBA: Deivid, aos 08 minutos e Arthur, aos 46 minutos do segundo tempo
ATLÉTICO-MG: Diego Tardelli, aos 04 minutos do segundo tempo

CORITIBA: Vanderlei; Victor Ferraz, Leandro Almeida, Chico e Dênis Neves; Junior Urso, Gil, Robinho (Bottinelli) e Alex (Lincoln); Geraldo e Deivid (Arthur)
Técnico: Marquinhos Santos

ATLÉTICO-MG: Victor; Carlos César (Serginho), Réver, Leonardo Silva e Júnior César; Pierre, Josué e Bernard (Cláudio Leleu); Diego Tardelli, Luan e Alecsandro (Guilherme)
Técnico: Cuca