Tamanho do texto

Depois da eliminação de seu time da Copa do Brasil, Ivan disse que conversou com o camisa 11 e Neymar indicou que deixará o Santos

Neymar tenta jogada diante do Joinville
Léo Pinheiro/Futura Press
Neymar tenta jogada diante do Joinville

Após a partida entre Santos e Joinville, que terminou em 0 a 0 , na noite desta quarta-feira, na Vila Belmiro, o goleiro Ivan, do JEC, atraiu os holofotes dos jornalistas que transmitiram o jogo. Isto porque, o arqueiro do time catarinense entregou uma "confissão" do atacante sobre o seu futuro: Neymar deve sair do clube praiano.

Leia mais: Diretoria santista se reúne e recusa segunda oferta do Barcelona por Neymar

"Após o jogo, ele falou que não dá mais", disse Ivan, que pediu a camisa do atacante, logo após o apito final que decretou a classificação do Peixe para a terceira fase da Copa do Brasil.

Confira ainda: Em jogo fraco, Santos empata sem gols na Vila Belmiro, mas elimina o Joinville

Sobre a equipe que Neymar irá defender, o goleiro do Joinville falou que não sabe qual será o destino do atacante. "Ele não citou nada de times. Apenas disse que não dá mais", completou.

Se por um lado Ivan revelou a conversa com o camisa 11 do Santos, Neymar preferiu se esquivar das perguntas sobre a sua possível saída e pediu licença aos repórteres ao ser questionado sobre o assunto. O atacante limitou-se a falar sobre a atuação santista: "Todos sabemos que está faltando algo a mais para sairmos vencedores".

Veja fotos da carreira de Neymar:


Muricy admite que saída está próxima
Em sua entrevista coletiva, depois do empate com o JEC, o técnico Muricy Ramalho admitiu que a saída de Neymar é cada vez mais iminente.

Porém, o treinador fez um apelo para a cúpula alvinegra: uma resolução rápida para o assunto. "É difícil dar uma opinião, pois não esteve tão perto como está agora. Um momento ele iria sair, porque estava escrito que um dia isso teria que ir embora. Mas sinto que isso está molestando um pouco ele. A gente percebe que está um pouco ansioso, é algo que afetaria qualquer um", comentou.

Entretanto, Muricy destacou ter compreendido a reação do camisa 11, que pode estar de saída do clube. "Ele não falou nada porque não dá para falar nada agora. Pode ser que não aconteça, ele sabe que pode não acontecer. Então, não tem como ele falar (que quer sair). Ele está certo, com essa postura. Enquanto isso, vai continuar trabalhando normalmente", afirmou.

O Santos recusou a segunda proposta elaborada pelo Barcelona (Espanha), avaliada em aproximadamente 20 milhões de euros (R$ 52,6 milhões). O Real Madrid também tem interesse no jogador.