Tamanho do texto

No nacional de 2012, quando o time tinha as atenções voltadas para a Libertadores, equipe de Tite fez campanha ruim no começo da competição

Cássio chegou ao Corinthians no final de 2011. Não participou da campanha do título brasileiro daquele ano, que começou com um aproveitamento espetacular de 93,3% nas dez primeiras rodadas, com nove vitórias e um empate. Mas vestiu preto e branco no último Nacional, que escapou enquanto o time paulista se dedicava a ganhar a Copa Libertadores.

O Corinthians vai conquistar o hexa do Brasileiro? Opine!


O goleiro já entendeu que um bom início é fundamental na briga pelo troféu. Por isso, fora da disputa pelo bicampeonato sul-americano desde a semana passada, ele espera que o Timão aproveite as jornadas iniciais para se estabelecer no topo da tabela de classificação da Série A.

"No ano passado, por causa da Libertadores, a gente acabou perdendo algumas partidas, desperdiçou pontos importantes que fizeram falta. Temos totais condições de ser campeões, sim, porque temos um elenco de qualidade, mas é preciso ter atenção desde o início e uma regularidade muito boa", comentou.

Dar um primeiro passo firme é ainda mais importante porque o Corinthians fará a sua primeira partida no Campeonato Brasileiro no Pacaembu, contra o Botafogo. "É preciso sair ganhando e ganhar o máximo em casa. Se não dermos importância para esse jogo, poderá fazer falta lá na frente", acrescentou Cássio.

Concordando com o favoritismo apontado na direção do Timão, o goleiro apontou a qualidade do elenco alvinegro várias vezes. Outros dois clubes com grupo elogiado, Atlético-MG e Fluminense, seguem na Libertadores, o que pode ser mais uma vantagem para a agremiação do Parque São Jorge.

"Temos grandes jogadores e peças de reposição, mas sabemos que o Brasileiro é um campeonato muito duro, disputado. São vários os times com condições de chegar ao título. Temos de mostrar em campo que somos fortes, não adianta só falar na qualidade", concluiu o camisa 12.