Tamanho do texto

Delegação corintiana passou noite em Santos e rivais tentaram atrapalhar última noite antes da final do Paulistão

Alguns torcedores do Santos tentaram atrapalhar o sono dos jogadores do Corinthians na véspera da final do Campeonato Paulista. A delegação corintiana passou a noite num hotel de Santos e ouviu algumas horas de foguetório, prática comum antes de jogos decisivos. O time da Vila Belmiro e o Corinthians jogam às 16 horas e o time da capital joga pelo empate para ficar com o título. Os fogos tiveram cerca de três horas de duração entre 1h30 e 4h30 da madrugada.

Leia também: Santos tenta tetra inédito, e Corinthians busca recuperação com 27º título

Tem sido comum essa recepção santista ao Corinthians nas últimas partidas decisivas na Vila Belmiro. Em 2011, antes do jogo da volta na final do Paulistão o mesmo grupo de torcedores soltou fogos próximo ao hotel corintiano. No jogo, o Santos fez 2 a 1 e foi bicampeão paulista.

No ano passado, antes do primeiro jogo da semifinal da Libertadores, também foram soltos fogos para atrapalhar os corintianos, mas desta vez o resultado não foi o bom para o Santos. Emerson fez 1 a 0 e deu a vantagem do empate para o Corinthians no jogo de volta.