Tamanho do texto

Treinador lembra-se de quando comandou Paraná à vaga na Libertadores e espera atingir feitos importantes também com a equipe baiana no Brasileiro

Desde 93 e 94, o Vitória não passava duas temporadas consecutivas sem uma conquista estadual. Nos últimos dois anos, o Leão da Barra amargou o vice-campeonato, mas a ansiedade de sua torcida acabou em 2013. Depois de voltar à elite do futebol brasileiro, a equipe rubro-negra manteve o embalo neste início de temporada e confirmou o título do Campeonato Baiano.

Jogadores do Vitória comemoram a conquista do Campeonato Baiano, após o empate com o Bahia, no segundo jogo da final
EDSON RUIZ / Gazeta Press
Jogadores do Vitória comemoram a conquista do Campeonato Baiano, após o empate com o Bahia, no segundo jogo da final


Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Chamado para "arrumar a casa", o treinador Caio Júnior assumiu o cargo no início deste ano e montou um time que sobrou durante a competição. Neste domingo, após a goleada por 7 a 3, na Arena Fonte Nova, o Vitória apenas empatou com o Bahia, por 1 a 1, em casa, resultado suficiente para confirmar o sexto título de Caio Júnior na carreira. Depois de conquistar a confiança da torcida, o comandante rubro-negro espera fazer história em Salvador.

"Este é o sexto título de minha carreira, quatro no mundo árabe e um no interior do Paraná. Levar o Paraná Clube para a Libertadores foi um título também, pois fizemos história. Ganhar um título no Brasil é um sabor indescritível. Agora vamos fazer história no Vitória também. Tenho certeza que temos muitas coisas boas pela frente", projetou o treinador.

Caio Júnior espera realizar um trabalho de médio a longo prazo à frente do Vitória e acredita que o título estadual possibilita um maior tempo sem cobrança. Desta forma, o treinador pode trabalhar com mais tranquilidade, testando novos jogadores. Em relação ao Campeonato Brasileiro, o comandante é realista e apenas pede paciência ao torcedor.

"Eu sabia que tinha que ganhar o campeonato para o trabalho seguir. Com o título temos mais condições de suportar a pressão do Campeonato Brasileiro, quando perder dois ou três jogos. O torcedor tem que ter consciência disso, pois o mais importante é terminar bem a competição", esclareceu Caio Júnior.

Após a final deste domingo, o Vitória começa a se preparar para mais um confronto decisivo. Na próxima quarta-feira, o Leão da Barra encara o pernambucano Salgueiro, pela segunda fase da Copa do Brasil. No primeiro confronto, as duas equipes não passaram de um empate sem gols.

Veja outros campeões estaduais pelo Brasil neste domingo