Tamanho do texto

Comissão técnica do Vitória se apressou para acelerar a recuperação do goleiro, que não deve ser problema para o duelo decisivo contra o Bahia neste domingo

No treino do Vitória da manhã deste sábado, Deola machucou o pulso e chegou a preocupar a comissão técnica, que se apressou para iniciar o tratamento e acelerar o processo de recuperação do goleiro, que não deve ser problema para o duelo decisivo contra o Bahia neste domingo.

"Ocorreu um trauma, ele já iniciou tratamento fisioterápico, será medicado e ficará em observação", disse o médico do clube, Wilson Vasconcelos.

Com a grande vantagem de quatro gols, obtida no primeiro jogo, na Fonte Nova, quando o Rubro-negro venceu por 7 a 3, o time tenta manter o foco para o jogo no Barradão.

"Nós vamos entrar ligados como nos últimos Ba-Vis. Não existe relaxamento pelo fato de o Vitória ter vantagem e esperamos que a torcida tenha paciência. Não podemos fugir ao nosso estilo de jogar", garantiu Michel.

Vitória e Bahia entram em campo neste domingo, às 16 horas (de Brasília), no Estádio do Barradão, onde decidem quem fica com o título baiano de 2013.

    Leia tudo sobre: futebol